Al utilizar este servicio y el contenido relacionado, aceptas el uso de cookies para análisis, contenido personalizado y publicidad.
Estás usando una versión más antigua del explorador. Usa una versión compatible para obtener la mejor experiencia en MSN.

Defensor analisa punição que irá aplicar aos jogadores flagrados em 'festa'

EFE EFE 09/05/2014 EFE Brasil

Montevidéu, 9 mai (EFE).- A diretoria do Defensor, do Uruguai, está analisando que tipo de sanção vai aplicar aos zagueiros Matías Malvino e Ramón Arias por uma festa que realizaram na presença de mulheres após a vitória em Medellín por 2 a 0 sobre o Atlético Nacional, válida pelo jogo de ida das quartas de final da Taça Libertadores.

'É preciso esfriar a cabeça', disse hoje o presidente do Defensor, Daniel Jablonka, desde Medellín aos meios de comunicação uruguaios.

Nas redes sociais circulam várias fotografias tiradas com telefones celulares nas quais é possível observar os atletas ao lado de garotas em situações inusitadas.

Entre as possíveis sanções, segundo admitiu o presidente, está aplicar uma multa e afastar os jogadores do elenco que atuará em 15 de maio em Montevidéu, na partida de volta das quartas de final frente à equipe colombiana.

O Defensor Sporting superou o Atlético Nacional por 2 a 0 e conseguiu uma boa vantagem para garantir classificação para as semifinais pela primeira vez em sua história.

Malvino e Arias, ambos de 22 anos, são jogadores criados nas categorias de base do Defensor Sporting. O primeiro atuou durante toda partida contra os colombianos e Arias esteve entre os reservas, mas não entrou em campo do estádio Atanasio Girardot.

Gestión anuncios
Gestión anuncios
image beaconimage beaconimage beacon