Al utilizar este servicio y el contenido relacionado, aceptas el uso de cookies para análisis, contenido personalizado y publicidad.
Estás usando una versión más antigua del explorador. Usa una versión compatible para obtener la mejor experiencia en MSN.

Pete Doherty diz que retorno dos Libertines 'é por dinheiro'

EFE EFE 01/05/2014 EFE Brasil
Em entrevista à 'NME', Doherty relatou que, nessa ocasião, a banda recebeu muito pouco, uma vez descontados os impostos, acrescentando que no próximo show, a ser realizado no Hyde Park, também espera ganhar um número 'desagregável', já que, segundo seus cálculos, receberá US$ 850 mil. © Foto: Reuters Em entrevista à 'NME', Doherty relatou que, nessa ocasião, a banda recebeu muito pouco, uma vez descontados os impostos, acrescentando que no próximo show, a ser realizado no Hyde Park, também espera ganhar um número 'desagregável', já que, segundo seus cálculos, receberá US$ 850 mil.

O cantor Peter Doherty declarou que o retorno da banda Libertines, separada há quatro anos e que voltará a tocar no próximo dia 5 de julho como headliner no festival Barclaycard British Summer Time, é apenas 'por dinheiro'.

Após receber várias críticas pelas razões que teriam motivado esse retorno, Doherty, em entrevista à revista britânica 'NME', ressaltou que 'tocar por dinheiro é algo que faz parte do espírito dos Libertines'.

O grupo, criado em 1997 e que também conta com Carl Barât, Gary Powell e John Hassall, se reuniu pela última vez em 2010, quando tocaram no festival de música de Reading-Leeds, apresentação que serviu de base para um documentário sobre a banda.

Em entrevista à 'NME', Doherty relatou que, nessa ocasião, a banda recebeu muito pouco, uma vez descontados os impostos, acrescentando que no próximo show, a ser realizado no Hyde Park, também espera ganhar um número 'desagregável', já que, segundo seus cálculos, receberá US$ 850 mil.

O grupo londrino se separou em 2004, com apenas dois álbuns lançados, por conta das constantes brigas e dos problemas de Doherty com as drogas. Desta foram, tanto Pete quanto Barât passaram a se dedicar a carreira solo.

Antes da apresentação no Hyde Park, a banda deverá realizar alguns shows prévios - 'talvez' com algum gratuito - e apresentará um novo material. As entradas para o show dos 'Libertines' serão postas à venda amanhã por um preço mínimo de 55 libras.

Por outro lado, a realização do festival, que reuniu mais de 350 mil pessoas em sua última edição e que também contará Black Sabbath, Neil Young, Maximo Park e The Enemy, tem sido muito criticada pelos moradores do Hyde Park, que opinam que os horários do parque serão afetados. EFE

Gestión anuncios
Gestión anuncios
image beaconimage beaconimage beacon