Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Jeep de 7 lugares aparece agora na Europa e chega em 2021

Logotipo do(a) motor1 motor1 4 dias atrás Nicolas Tavares

Fiat de 7 lugares - Flagras na Europa © Motor1.com Copyright Fiat de 7 lugares - Flagras na Europa

Modelo desenvolvido no Brasil será produzido em Goiana (PE) e terá motor 1.3 turbo

Os próximos dois anos serão bem corridos para a Fiat-Chrysler, com várias novidades tanto para Fiat quanto para a Jeep. Além de trabalhar para trazer as versões híbridas de Compass e Renegade ainda em 2020, a fabricante está desenvolvendo um novo modelo da Jeep, com capacidade para 7 pessoas e que será produzido em Goiana (PE). Após avistarmos o carro em testes iniciais no Brasil, agora nossos espiões o viram na Europa, aproveitando o frio para as avaliações de sistemas eletrônicos como o ESP. O lançamento será em 2021.

Este modelo deixou muita gente da imprensa internacional confusa, achando que seria o futuro SUV da Fiat baseado no conceito Fastback, mas não é o caso. A “mula” vista é idêntica aos das fotos enviadas pelo leitor Álvaro Matos e que nossas fontes confirmaram ser o Jeep de 7 lugares. Como seu lançamento acontecerá antes do crossover da Fiat, ele já iniciou os testes de rua. E é fácil notar que não é o Fastback, por ter um entre-eixos muito maior do que o conceito – lembrando que o modelo da Fiat ficará posicionado abaixo do Compass.

Mais notícias da Jeep

As informações sobre este carro ainda são escassas. Ele é chamado de “D-Low” no plano de cinco anos que a Fiat-Chrysler apresentou em junho de 2018. Motor1.com apurou que ele terá uma nova plataforma, que mistura elementos da base Small-Wide usada por Compass, Renegade e Toro, com “uma solução vinda da Europa” – tudo indica ser a arquitetura Giorgio, usada pelo Alfa Romeo Stelvio e que também servirá de base para a nova geração do Cherokee.

Jeep: Plano 2018-2022 © Motor1.com Brasil Jeep: Plano 2018-2022

Antonio Filosa, presidente da FCA América Latina, disse em uma coletiva de imprensa que o projeto é brasileiro e nasceu inicialmente como um carro para a América Latina. Isso mudou quando apresentaram o veículo internamente e outros mercados ficaram interessados: “Ficou tão bom que será produzido em outros lugares do mundo”, revela o executivo. Filosa ainda afirma que o SUV será voltado para o mercado de luxo, sendo o mais refinado da marca a ser produzido no Brasil.

Ao contrário de rumores que circulavam pela imprensa, nossas fontes garantem que este modelo não será um mero Compass esticado para ter uma terceira fileira de bancos, e sim um produto novo desenvolvido do zero. Na época em que publicamos as primeiras imagens, nos revelaram que ele terá caixa de direção e conjunto de suspensão diferentes do SUV médio que já está nas ruas. Além disso, terá design e nome inéditos.

Como seu lançamento acontecerá apenas em 2021, o Jeep de 7 lugares já adotará os novos motores turbo da Fiat-Chrysler, que começarão ser produzidos em Betim (MG) a partir de outubro deste ano. Devido ao seu porte, ele deve utilizar o 1.3 MultiAir, baseado no Firefly, na versão de 150 cv e 27,5 kgfm de torque, combinado ao câmbio automático de 9 marchas. Ainda deve contar com uma variante diesel, usando o conhecido 2.0 Multijet turbo do Compass, mas atualizado para reduzir as emissões e melhorar o rendimento.

Mais de Motor1.com

image beaconimage beaconimage beacon