Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Do Cullinan ao Romi-Isetta: carros com portas fora do comum

Logotipo do(a) iCarros iCarros 16/05/2018 João Brigato / Fotos: Divulgação
Do Cullinan ao Romi-Isetta: carros com portas fora do comum © João Brigato / Fotos: Divulgação Do Cullinan ao Romi-Isetta: carros com portas fora do comum

Se você olhar pela janela, dificilmente verá um carro que não tenha uma abertura tradicional das portas. Com raras exceções por ai, como nos modelos da lista, os carros regularmente abrem suas portas em ângulo sempre com a parte interna sendo possível ser vista da traseira.

Leia mais:

Cullinan: primeiro SUV da Rolls-Royce custa mais de R$ 1 milhão

Novo Tesla Roadster acelera de 0 a 100 km/h em 1,9 segundo

Os 10 nomes de carros mais velhos do Brasil

Mas há aqueles que quebram essa regra: inspirados pelo Rolls-Royce Cullinan, selecionamos dez carros com portas que se abrem de um jeito diferente do tradicional.

Veja quanto pagar nas parcelas do seu próximo carro

Rolls-Royce Cullinan

Apesar de diversos conceitos terem apostado nesse layout, nenhum SUV de produção havia sido lançado com portas suicidas (que abrem ao contrário) até o nascimento do Rolls-Royce Cullinan. Esse tipo de abertura é tradicional nos carros da Rolls-Royce, incluindo os modelos de duas portas.

Ford B-Max

Minivans com portas deslizantes são relativamente comuns no mercado, mas não da maneira com que a Ford B-Max fazia. Derivada do New Fiesta, a minivan embutia a coluna central na porta traseira deslizante. A entrada era facilitada como se uma enorme porta fosse aberta.

Mercedes-Benz 300SL

De tão icônicas, suas portas renderam o apelido pelo qual o carro ficou conhecido: asa de gaivota. Por conta da estrutura tubular de carro de corrida e as altas soleiras, a Mercedes-Benz teve de encontrar uma solução para as portas do 300SL. Fixá-las no teto levando parte dessa estrutura ajudava a acomodar os passageiros.

Peugeot 1007

Surfando na onda das minivans do começo dos anos 2000, a Peugeot lançou o exótico 1007. Se não bastasse as proporções incomuns, o subcompacto tinha duas portas delizantes. O argumento da Peugeot era que seria mais fácil sair do 1007 em estacionamentos apertados. Curiosidade: a picape brasileira Hoggar herdou desse modelo as lanternas traseiras.

Opel Meriva

Segunda geração da minivan que não tivemos no Brasil adotou um layout incomum em suas portas. Assim como os Rolls-Royce, a Meriva tinha portas traseiras suicidas abrindo em ângulo oposto às dianteiras. Com isso, a minivan da Opel tentava se destacar no concorrido segmento das minivans compactas.

Koenigsegg Regera

Criadas originalmente no Koenigsegg CC, as portas do Regera são um show à parte. Elas se abrem por um breve instante como em um carro comum, depois rotacionam para frente. Apenas os caros da marca possuem esse sistema chamado de diedral.

Chery QQme

Desenvolvido a partir da primeira geração do Chery QQ, o QQme era uma versão descolada e até um pouco esquisita do hatch. As portas até abriam de maneira normal, mas a mesma peça podia ser instalada dos dois lados do carro sem precisar de alteração. Até mesmo o acabamento interno era idêntico dos dois lados. Uma economia de custos enorme.

Lamborghini Countach

Precursor das famosas portas tesoura, ou Lambo doors como ficaram conhecidas, o Lamborghini Countach rompeu com padrões em 1974. No início dos anos 2000, esse tipo de abertura de porta invadiu a cena tunning. Hoje em dia, a Lamborghini mantém a tradição das portas com abertura icônica com o Aventador.

Tesla Model X

Um reinterpretação ainda mais tecnológica das portas asa de gaivota do Mercedes-Benz 300SL. Chamadas pela Tesla de portas asa de falcão, o Tesla Model X tem um complexo sistema de abertura das portas traseiras que são divididas em duas partes. Por meio de sensores elas controlam o ângulo de abertura mesmo em lugares muito apertados.

Romi-Isetta

Para que duas portas quando pode ter apenas uma? Simples em sua concepção, o Romi-Isetta tinha apenas uma porta na dianteira. Marca de seu design, a abertura única trazia consigo o volante e o que pode ser descrito como painel. Só era preciso tomar cuidado para não tropeçar nos pedais.

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)

Instagram (instagram.com/icarros_oficial)

YouTube (youtube.com/icarros)

Mais de iCarros

image beaconimage beaconimage beacon