Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Empresa lança capacete com ar-condicionado para motos

Logotipo do(a) motor1 motor1 28/08/2018 Redação
Feher ACH-1 © Motor1.com/Hersteller Feher ACH-1

Você pagaria o equivalente a R$ 2,4 mil para fugir do calor?

Quem anda de moto sabe como é difícil enfrentar o calor com a cabeça enfiada em um capacete. Não é à toa que muitos motociclistas usam isso como desculpa para nem usar o capacete da forma correta (não faça isso!). E se você pudesse manter a cabeça fresca e protegida ao mesmo tempo? É a proposta do ACH-1, um capacete com ar-condicionado integrado feito pela empresa Feher e que custa US$ 599, cerca de R$ 2,4 mil pela cotação atual.

O ACH-1 é o primeiro capacete com ar-condicionado integrado do mercado. A Feher usou a experiência que adquiriram criando bancos ventilados para marcas como Bentley, Ferrari, General Motors, Infiniti, Lexus e Rolls-Royce. Utiliza um tecido especial tubular, que ajuda a passagem do ar por todo o interior do capacete. A parte de trás conta com um pequeno ar-condicionado, que pode usar a energia elétrica da bateria da moto (por meio de cabos e do plugue 12V) ou com pacotes de baterias, vendidos separadamente.

Repetir vídeo

Segundo a Feher, o sistema foi feito para reduzir a temperatura, ao invés de criar um ambiente frio, evitando que tenha dores de cabeça. O ar-condicionado consegue deixar o interior do capacete cerca de 9°C abaixo da temperatura ambiente. Ou seja, em um dia de 32°C, o motociclista iria sentir somente 23°C dentro do capacete. Em dias em que o calor não é tão intenso, é possível usar o modo de ventilação ao invés de resfriar o ar. E sem pesar mais, já que o equipamento todo tem 1,45 kg.

_____________________________

Mais de motor1

image beaconimage beaconimage beacon