Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Venda de motos novas em alta no acumulado do ano

Logotipo do(a) Motociclismo Online Motociclismo Online 05/09/2019 Willian Teixeira

Mais de 700.000 motos novas foram comercializadas no ano até agosto, alta de 13% sobre igual período de 2018 (Peter Heeling/FreePik) © Motociclismo Online Mais de 700.000 motos novas foram comercializadas no ano até agosto, alta de 13% sobre igual período de 2018 (Peter Heeling/FreePik) O mercado de motos novas segue aquecido em 2019. Segundo o relatório divulgado pela Federação Nacional Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram vendidas 708.871 motocicletas novas no acumulado entre janeiro e agosto de 2019, contra 622.065 no mesmo período de 2018, o que indica um avanço de 13,95% em relação ao ano passado.

na comparação mensal houve um leve recuo, pois em agosto foram comercializadas 88.654 motos novas contra 90.059 em julho, o que representa uma queda de 1,56%. Em agosto de 2018 foram vendidas 88.937 motocicletas, o que representa uma retração de 0,32%.


Na participação por marcas a liderança continua com a Honda, que detém 79,1% do mercado no acumulado do ano, seguida por Yamaha (13,9%), Haojue (1,2%), Shineray (1%) e BMW (0,9%). Outras marcas juntas totalizam 4%.

A Honda CG 160 segue como a motocicleta mais vendida do país, com 202.877 unidades comercializadas no acumulado do ano. A marca ainda detém as outras duas integrantes do top 3 de vendas, com a Biz (103.958 unidades) e a NXR 160 (78.837 unidades) comercializadas em 2019.

CG 160 já teve mais de 200.000 unidades vendidas no ano (Divulgação) © Motociclismo Online CG 160 já teve mais de 200.000 unidades vendidas no ano (Divulgação)

No desempenho por categorias, as motocicletas do segmento city lideram, com 40,7% do mercado no acumulado do ano, seguidas de scooters/cubs (34,2%), trail/fun (20,1%). Outras somam 4,8% do mercado.

O mercado de usadas também cresceu no acumulado do ano, só que de forma mais modesta. Entre janeiro e agosto foram comercializadas 1.956.045 motocicletas seminovas, contra 1.921.390 em igual período do ano passado, o que representa um avanço de 1,8% nas vendas.

Mercado de motos usadas também registra alta no acumulado do ano (Pixabay) © Motociclismo Online Mercado de motos usadas também registra alta no acumulado do ano (Pixabay)

Porém, quando a comparação é mensal, o relatório da Fenabrave indica que o volume teve uma retração. Em agosto, houve a comercialização de 264.043 motos usadas ou seminovas, contra 269.397 em julho, um recuo de 1,99% no volume. Já em relação a agosto de 2018, a queda foi ainda maior, pois ano passado o mês teve 277.126 motocicletas usadas vendidas, um recuo de 4,72% sobre o número registrado em 2019.

Na participação por marca, a Honda também lidera o volume de motos usadas comercializadas no acumulado do ano, com 78,55% do mercado. A Yamaha aparece na vice-liderança, com 12,86%, seguida de Suzuki (2,85%) e Dafra (0,96%). Juntas, outras marcas respondem por 4,75% desse mercado.

O post Venda de motos novas em alta no acumulado do ano apareceu primeiro em Motociclismo Online.

_________________________

Vídeo: Motoqueiro acerta barreira a 160 km/h e não cai (KameraOne)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Motoociclismo Online

image beaconimage beaconimage beacon