Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Multas por uso de celular ao volante sobem 167% no Brasil

Logotipo do(a) motor1 motor1 03/09/2018 Redação
celular ao volante © Motor1.com Brasil celular ao volante


Mesmo com a oferta cada vez maior de dispositivos para conectar o celular ao carro, como Bluetooth, espelhamento e os sistemas Apple Car Play e Android Auto, os motoristas seguem utilizando o telefone de forma indevida ao volante. Prova disso é que, segundo o Denatran, as multas deste tipo aumentaram 167% no primeiro semestre de 2018 na comparação com igual período do ano passado. Foram nada menos que 268,3 mil autuações. 

Uma pesquisa do Cesvi Brasil indica que, em média, o condutor fica quase três segundos sem olhar para a via quando usa o aparelho. Parece pouco, mas esse tempo é suficiente para causar acidentes graves, pois os motoristas não percebem a mudança repentina dos semáforos, freada mais brusca do carro à frente ou até mesmo invadem a faixa ao lado.

Multas de trânsito vão ficar mais caras; uso de celular vira infração gravíssima © Motor1.com Brasil Multas de trânsito vão ficar mais caras; uso de celular vira infração gravíssima

Infrações passaram de médias a gravíssimas

Desde 2016, o CTB passou de média a gravíssima as infrações por uso de celulares. Com isso, o condutor recebe 7 pontos na CNH e paga multa de R$ 293,47. As leis mais severas até ajudam, mas alguns órgãos como o Denatran acreditam que investir na educação dos motoristas pode gerar mais conscientização e ajudar a reduzir o número de infrações.

Mais de motor1

image beaconimage beaconimage beacon