Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Como dirigir em condições adversas

Logotipo do(a) Volvo Volvo 3 dias atrás
Chuva © Shutterstock Chuva

Todo motorista já enfrentou - ou ainda terá de enfrentar - estradas em condições longe do ideal. Vários fatores podem aparecer durante uma viagem. É impossível prever com 100% de certeza se haverá chuva, vento, neblina, ofuscamento e outras surpresas.

Por isso, é preciso saber como agir caso haja alguma intempérie ou outro obstáculo em seu caminho. O Volvo XC60 tem sistemas de segurança e estabilidade (como o Pilot Assist, o CitySafety e o Run-off Mitigation) que ajudam você a conduzir o veículo de maneira mais segura e confortável. Veja a seguir o que você deve fazer nas principais condições adversas que pode encontrar nas ruas e estradas.

Luz

Você sabia que a luminosidade pode ser um fator de risco para o motorista? O sol, faróis de outros veículos e outras fontes de luz podem ofuscar sua visão e causar acidentes. Fique atento: se um carro que esteja vindo no sentido contrário estiver com os farois desregulados ou altos demais, evite olhar diretamente para a luz. Quando estiver conduzindo em um dia ensolarado, previna ofuscamentos usando o para-sol ou óculos escuros.

Chuva

A chuva é uma das adversidades mais comuns encontradas pelos motoristas. É essencial ter muita prudência. Em primeiro lugar, se começar a chover, diminua a velocidade e ligue o farol baixo. Assim, você se torna mais visível para outros veículos. Tente manter uma distância mínima de 10 metros em relação ao carro à frente para evitar acidentes.

A pista fica escorregadia, portanto evite manobras e freadas bruscas. Caso a chuva esteja forte demais e sua visibilidade fique prejudicada, pare o carro e espere a tempestade passar. Se possível, não pare no acostamento, porque a chance de acontecer uma colisão devido à baixa visibilidade é grande.

Neblina

Quando sua visão estiver encoberta pela neblina, o mais prudente é diminuir a velocidade, ligar as lanternas do veículo, o farol baixo e as luzes de neblina (caso seu carro as tenha). Em nenhuma hipótese você deve usar o farol alto. Ele mais atrapalha do que ajuda nessa situação, já que pode ofuscar sua visão e a de outros motoristas.

Obstáculos na pista

Não é raro, durante uma viagem na estrada ou na cidade, que algum obstáculo apareça repentinamente na sua frente. Se isso acontecer, é preciso manter a calma para que o carro não fique fora de controle. O melhor a fazer é evitar frear de maneira brusca demais, para que não haja um travamento das rodas e derrapagem. Acione os freios com a pressão adequada para o veículo pare, mas sem exagerar na força.

O novo XC60 pode ajudar nisso com o sistema CitySafety, que detecta o perigo a frente, alertando e preparando os freios para uma resposta rápida. Se uma colisão é iminente, os freios são acionados automaticamente evitando uma colisão ou diminuindo o impacto.

Aquaplanagem

A aquaplanagem, quando os pneus perdem contato com o asfalto e deslizam sobre uma lâmina de água acumulada na estrada, também pode ser bem problemática. Esse perigo se apresenta especialmente, claro, quando está chovendo. O que fazer nesse caso?

Em primeiro lugar, mantenha a calma. Segundo, tire o pé do acelerador e não use o freio. Tente manter o carro controlado, mas sem fazer movimentos bruscos com o volante. Quando você perceber que os pneus retomaram contato com o solo, aí sim você poderá acelerar ou freiar novamente, sem risco de derrapagem. Para evitar uma situação dessas, sempre diminua a velocidade quando a pista estiver molhada e mantenha seus pneus em dia.

Vento

O vento pode parecer inofensivo (especialmente comparado com chuva e neblina), mas também pode ser um problema. Ventos podem diminuir seu controle sobre o veículo e aumentar as chances de acidentes: vindos por trás, podem empurrar o carro e aumentar a velocidade; se vêm pela frente, diminuem a velocidade.

Quando atingem o veículo de lado, podem fazer o carro se desviar. Por isso, fique atento a essas condições e prepare-se para compensar a força do vento. Outra possibilidade é ser atingido por uma rajada repentina, causada por outros veículos ou mesmo pela natureza. Fique sempre alerta para que esse deslocamento de ar não faça você perder controle do veículo.

O sistema Run-off Mitigation pode ajudar nessa situação, já que evita que o carro saia da pista acidentalmente. Essa inovação da Volvo Cars detecta se o carro está prestes a sair da estrada e, em velocidades entre 65 e 140km/h, usa o volante e, se for necessário, os freios para trazer o carro de volta para pista.

É claro que nada substitui a atenção do motorista, por isso esteja sempre ligado!

Mais de Volvo D5

image beaconimage beaconimage beacon