Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Festival de Berlim rejeita pedido do movimento #MeToo para trocar tapete vermelho por preto

Logotipo do(a) Reuters Reuters 3 dias atrás Por Michelle Martin

Os organizadores do Festival Internacional de Cinema de Berlim recusaram nesta quarta-feira um pedido para fazer as estrelas de cinema percorrerem um tapete preto, e não vermelho, como símbolo de apoio a uma campanha contra o assédio sexual na indústria.

Depois da cerimônia do Globo de Ouro em janeiro, na qual as pessoas vestiram preto no tapete vermelho para expressar solidariedade com o movimento, mais de 21 mil pessoas assinaram uma petição solicitando que o próprio tapete mudasse de cor na "Berlinale" deste ano.

Mas um dia antes do início do festival, seu diretor, Dieter Kosslick, disse que entende as razões da campanha, mas que rejeitou uma "política simbólica" e que, em vez disso, quer se concentrar em eventos que debatem o assédio sexual.

"Gostaríamos de usar nossas atividades para mergulhar mais fundo no debate #MeToo do que um tapete permitiria, por isso não planejamos colocar um tapete preto na Berlinale", disse Kosslick.

O festival já havia anunciado um debate de uma comissão sobre assédio sexual, um espaço de aconselhamento e um seminário que estimulará as mulheres que foram assediadas a se pronunciar e buscar maneiras de aumentar a igualdade na indústria do cinema.

Logo do Festival Internacional de Cinema de Berlim © REUTERS/Hannibal Hanschke Logo do Festival Internacional de Cinema de Berlim

Kosslick disse que certos filmes foram retirados da programação devido a alegações de abuso sexual contra pessoas envolvidas nas produções, mas não quis identificá-los.

Cerca de 400 filmes serão exibidos na 68ª Berlinale, que começa com "Isle of Dogs", animação do diretor norte-americano Wes Anderson sobre um menino em busca de seu animal de estimação em um aterro sanitário onde uma cidade fictícia exilou todos seus cães.

(Reportagem adicional de Hanna Rantala)

BEVERLY HILLS, CA - OCTOBER 27: Kevin Spacey speaks onstage at the 2017 AMD British Academy Britannia Awards Presented by American Airlines And Jaguar Land Rover at The Beverly Hilton Hotel on October 27, 2017 in Beverly Hills, California. (Photo by Frazer Harrison/BAFTA LA/Getty Images for BAFTA LA) O efeito Weinstein: Homens da mídia acusados de assédio sexual


Siga o MSN no Facebook

Mais de Reuters

image beaconimage beaconimage beacon