Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Festival de Cannes é adiado por conta do coronavírus

Logotipo do(a) Poder360 Poder360 20/03/2020 Poder360
Homem limpa a escadaria do festival de Cannes © Pixabay Homem limpa a escadaria do festival de Cannes

O Festival de Cannes, na França, foi oficialmente cancelado nesta 5ª feira (19.mar.2020) com a escalada da pandemia do coronavírus. Os organizadores do evento já discutiam a não realização da mostra de cinema, que seria realizada de 12 a 23 de maio.

Em comunicado, a organização do festival disse que preza pela saúde das pessoas. “Neste período de crise de saúde global, nossos pensamentos estão com as vítimas da Covid-19 e expressamos nossa solidariedade a todos aqueles que estão lutando contra a doença.”

Segundo a revista norte-americana Variety, uma das opções é mover a a realização do evento para junho ou julho. O festival quer anunciar as novas datas quando a situação da pandemia for controlada.

“Assim que a situação da saúde tanto na França quanto internacional se desenvolver para que possamos considerar possibilidades reais, anunciaremos nossa decisão, em acordo com o governo da França e a prefeitura de Cannes, assim como com a diretoria do festival, com profissionais da indústria cinematográfica e todos os parceiros do evento”, disse a organização.

Essa é a 2ª vez que o Festival de Cannes, 1 dos maiores do cinema mundial, será adiado ou cancelado desde a 2ª Guerra Mundial. De 1946 até 2019, houve apenas 1 cancelamento. Foi em 1968, quando cineastas franceses apoiaram protestos estudantis contra o festival.

Cannes segue a diretriz tomada por outros grandes eventos de entretenimento. O South by Southwest (tecnologia), Lollapalooza e Coachella (música), Eurocopa e Copa América (futebol), entre outros, já anunciaram o adiamento ou cancelamento de suas edições anuais.

A França tem 10.995 casos da covid-19, sendo 372 mortos. É o 7º país com mais registros de infectados e o 5º com mais óbitos.

Mais de Poder360

image beaconimage beaconimage beacon