Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Jurassic World: Surfista brasileiro de ondas gigantes cogita processar Universal após ter sua imagem utilizada no filme

Logotipo do(a) Adorocinema Adorocinema 22/06/2018 João Vitor Figueira
AdoroCinema © AdoroCinema AdoroCinema

Há um brasileiro não creditado em cena em Jurassic World: Reino Ameaçado, que chegou aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (21). Trata-se do surfista de ondas gigantes Felipe Cesarano, também conhecido pelo apelido de "Gordo". O blockbuster hollywoodiano usa em seu corte final uma sequência que mostra o atleta dropando em Jaws, na ilha de Maui, no Havaí, em 2016. Digitalmente, foi inserido um dinossauro se aproximando do atleta. A tomada foi até exibida em alguns dos trailers do filme (e aparece na marca de 1m53s do vídeo no topo desta notícia). O grande problema foi que Cesarano nunca foi consultado à respeito disso.

"Achei maneiro, mas antiprofissional", definiu o surfista em entrevista para o GloboEsporte.com. "Fiquei meio surpreso. Vi o trailer e eu estava lá. Aí vi no Instagram, estavam usando minha onda. A única onda surfada do filme sou eu, sem autorização. Fiquei meio chateado. Não é nem a questão de dinheiro, mas se o mundo sabe se sou eu ali minha carreira poderia levantar. A imagem aparece eu não ganhei nada", argumentou.

No perfil no Instagram da distribuidora Universal Pictures Brasil, há uma publicação que enfatiza justamente o momento em que "Gordo" aparece no mar. Assista abaixo.


Cesarano contou também que sonda a possibilidade de processar a Universal Pictires, produtora do longa-metragem estrelado por Chris Pratt e Bryce Dallas Howard. "Já estou falando com alguns advogados amigos meus que estão me aconselhando entrar com uma ação lá fora [nos Estados Unidos]", contou. Na entrevista, o "Gordo" pareceu demonstrar sentimentos ambivalentes sobre sua imagem ter sido usada pelo diretor Juan Antonio Bayona na sequência de Jurassic World - Mundo dos Dinossauros. "Eu não acho justo. A gente já vive uma situação difícil, arrisco minha vida ali, é uma questão de risco de vida, meu trabalho. Mas de qualquer forma foi engraçado e até satisfatório estar no cinema e ver a onda, que já é grande, ainda mais em 3D", disse.

Abaixo, um vídeo que mostra a tomada original de Felipe Cesarano surfando no Havaí a onda que veio a aparecer em Jurassic World 2.

Hoje tem as 21:30 programa do Scooby no Off com nossa galera em Jaws !!! Oooossss ... @canaloff #pedrovaipromar

Uma publicação compartilhada por GO GORDO (@felipecesarano) em


Jurassic World: Reino Ameaçado já arrecadou US$ 450 milhões nas bilheterias mundiais antes mesmo de estrear nos Estados Unidos (o que acontece nesta sexta-feira, dia 22 de junho). No Brasil, o longa-metragem está em cartaz em mais de 1,5 mil salas.

Repetir vídeo
A SEGUIR
1
Cancelar
A SEGUIR
A SEGUIR

____________________________________________________________________________

Vídeo: Jay-Z é nomeado diretor criativo da Puma Basketball (Via Zoomin.TV)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Adorocinema

image beaconimage beaconimage beacon