Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Produtor explica porque Leonardo DiCaprio perdeu o papel para Christian Bale em Psicopata Americano

Logotipo do(a) Adorocinema Adorocinema 13/09/2017 João Vitor Figueira

AdoroCinema © AdoroCinema AdoroCinema

Durante a preparação de um filme é a fase de pré-produção que costuma trazer algumas das trivias mais interessantes de um projeto no que se refere ao elenco. Al Pacino quase foi Han Solo na franquia Star Wars

John Travolta poderia ter estrelado Forrest Gump - O Contador de Histórias.

Mel Gibson negou o papel principal em  Gladiador.

Will Smith foi convidado para ser Neo em Matrix

Leonardo DiCaprio também esteve perto de um papel icônico que acabou com outro ator quando foi cotado para estrelar Psicopata Americano (2000), clássica adaptação para os cinemas do romance de Bret Easton Ellis

Em entrevista para o site The Hollywood Reporter, o lendário produtor Edward R. Pressman, que tem quase 50 anos de serviços prestados para a indústria cinematográfica, falou sobre os bastidores da escolha do ator principal do filme.

"Christian Bale, que ainda não era uma grande estrela, queria fazer o filme. Quando Titanic estreou [em 1997], a Lionsgate enviou o roteiro do filme para Leonardo DiCaprio e ele quis atuar no projeto. Mas a diretora Mary Harron me disse: 'Leo jamais fará o filme, então espere'. Ela estava correta."

A Lionsgate Films comprou os direitos de adaptação do livro de Ellis em 1997. Harron já havia acordado com Bale que o ator seria a estrela do longa, mas o estúdio queria ou Edward Norton ou DiCaprio para a vaga. Harron não estava disposta a mudar sua visão. A cineasta sequer quis se encontrar com o astro de Titanic por achar que ele seria muito infantil para interpretar um yuppie misógino e egocêntrico que leva uma vida dupla como assassino em série. A Lionsgate cogitou substituir Harron por cineastas como Oliver Stone, Danny Boyle e Martin Scorsese, mas todo o imbróglio teve fim quando DiCaprio desistiu do projeto para rodar o fraco A Praia (2000).

Com Bale, o filme teve sua estreia no Festival de Sundance, onde teve uma recepção mista da imprensa. De qualquer forma, a performance do ator ajudou a consolidar um novo momento em sua carreira, que a partir dali só melhorou. Cinco anos depois do lançamento de Psicopata Americano, Bale estrelou Batman Begins, projeto que deu início a uma trilogia que o projetou como um astro de cinema em escala global.

Mais de Adorocinema

image beaconimage beaconimage beacon