Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Chuva forte da madrugada provocou enchentes em Ribeirão das Neves

Logotipo do(a) EM.com.br EM.com.br 21/03/2020 Lilian Monteiro
© reprodução/whatsapp

Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi castigada pela chuva da madrugada deste sábado. A população enfrentou medo e vários transtornos com chamadas de socorro para o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

O Corpo de Bombeiros teve três registros de salvamento de pessoas ilhadas. Os atendimentos foram nas ruas Doutor Luiz Lelis e Maria Olinda da Conceição, no Bairro Santa Martinha. Em todos os casos, moradores ficaram isolados por causa da inundação, entre 5h e 6h desta manhã. Ninguém se feriu.

Na rua Portugal, Bairro Esperança, sentido Areias, próximo ao Clube Minas Gerais, um morador alegou que um carro foi arrastado próximo a uma ponte paralela à avenida central. O veículo capotou. Ele não soube dizer se quem estava dentro do carro conseguiu sair ou não. Era por volta das 7h. Uma viatura está a caminho do local para verificar a situação.

Houve ainda desabamento de muro de arrimo sobre residência, sem vítimas, na rua São Jorge, Luar da Pampulha. Na casa, morava apenas um senhor, que não se feriu. Foi solicitada a visita da Defesa Civil por volta das 6h45.

Ocorreu outro desabamento de muro de arrimo na rua Geni Catizane, Bairro Serra Verde, próximo ao Colégio Tiradentes por volta das 2h da madrugada. Sem vítimas. O local já está isolado e a Defesa Civil acionada.

No balanço de ocorrências da Defesa Civil, até às 8h20 foram 27 chamados da população. A maioria das solicitações foi para vistorias de alagamentos (10); enchentes (3); queda de muro; (2) abatimento de piso (1); risco de deslizamento de encosta (1); risco de queda de muro (1).

A maior quantidade de solicitações registradas foi nas regionais Venda Nova e Norte.

Mais de EM.com.br

image beaconimage beaconimage beacon