Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Direto do Líbano, nosso correspondente mostra o clima antes da entrevista de Carlos Ghosn

Logotipo do(a) IstoÉ IstoÉ 07/01/2020 Da Redação
O ex-presidente da Renault-Nissan, Carlos Ghosn deixa o escritório de seu advogado em Tóquio, 3 de abril de 2019 - AFP/Arquivos © Fornecido por IstoÉ O ex-presidente da Renault-Nissan, Carlos Ghosn deixa o escritório de seu advogado em Tóquio, 3 de abril de 2019 - AFP/Arquivos

Está prevista para as 15h (8h em Brasília) desta quarta-feira, dia 8, uma entrevista coletiva com o ex-presidente do Conselho de Administração da Nissan Motor Carlos Ghosn. Entre outras declarações, ele deve revelar o que diz ser evidências de que sua prisão foi um golpe para derrubá-lo. Essa informação foi divulgada pelo canal de notícias Fox Business, dos Estados Unidos, que também afirmou que Ghosn pretende divulgar os nomes dos responsáveis.

O evento acontece em Beirute, capital do Líbano, onde o executivo se refugiou depois de uma fuga espetacular do Japão. Diretamente da capital libanesa, o correspondente internacional da IstoÉ Dinheiro Carlos Eduardo Valim fala sobre as expectativas um dia antes da entrevista coletiva.

Confira no vídeo abaixo:

Mais de IstoÉ

image beaconimage beaconimage beacon