Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Mesmo sem horário de verão, celulares adiantam uma hora

Logotipo do(a) Poder360 Poder360 03/11/2019 Letícia Alves
Usuários afetados têm de mudar a configuração de © Agência Brasil Usuários afetados têm de mudar a configuração de

Apesar da suspensão do horário de verão, alguns celulares  e computadores voltaram a adiantar automaticamente uma hora a partir da madrugada deste domingo (3.nov.2019).

É a 2ª vez que isso acontece este ano: em 20 de outubro, o mesmo problema foi registrado em vários celulares. Em São Paulo, até mesmo os relógios da rua indicaram a hora errada.

Na 6ª feira (1º.nov.2019), o Google já havia anunciado a possibilidade de isso acontecer devido às modificações realizadas pelos governos brasileiros nos últimos 2 anos. Em 2018, a data do início do horário de verão, que tradicionalmente era no 3º domingo de outubro, passou para o 1º domingo de novembro. Este ano, Bolsonaro extinguiu o horário.

Usuários de smartphones afetados podem corrigir o erro alterando a configuração de “Data e hora” automáticas nos aparelhos. Foram registrados problemas em celulares Android e em iPhones.

Enem 2019

O problema ocorre no 1º dia da realização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), podendo atrapalhar alguns candidatos. É indicado que todos alterem o horário nos seus celulares para não serem afetados.

Nesta manhã, o ministro da Educação Abraham Weintraub divulgou no seu Twitter 1 vídeo falando que a mudança de horário afetou alguns locais, mas que já está “tudo sob controle”. Ele não deu detalhes sobre o problema nem informou o que foi afetado. O Poder360 entrou em contato com o Inep e aguarda esclarecimento sobre o ocorrido.

“Por enquanto só tem 1 pequeno problema em alguns locais, mas está tudo sob controle, que foi 1 bug no horário, que adiantou uma hora. Então, a gente está tentando recolocar as coisas no cronograma”, afirmou Weintraub em vídeo gravado no Centro de Operações no Ministério da Justiça.

No local, está sendo realizado 1 trabalho integrado entre Ministérios da Justiça e da Educação, Polícia Federal e Rodoviária e Correios. No vídeo, o ministro mostra 1 painel que registra 10% de problemas.

“Isso aí a gente vai estar resolvendo ao longo do dia e vai estar acompanhando tudo pelo Brasil par que você possa fazer o Enem com toda a tranquilidade”, falou.

Mais de Poder360

image beaconimage beaconimage beacon