Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Slava, um meteorologista perdido no Ártico

Logotipo de EL PAÍS EL PAÍS | Slide 1 de 10: Slava caminha em direção ao velho farol próximo à estação meteorológica de Khodovarikha para retirar a madeira que cobre suas paredes e a usar como lenha.

Ele nasceu em um barco e sempre quis viver pelo mar. Vyacheslav Korotki, mais conhecido como 'Slava', passou mais de 13 anos na solidão de uma estação meteorológica remota do Ártico, na Rússia, medindo temperaturas, chuvas e ventos. A fotógrafa Evgenia Arbugaeva quebrou seu silêncio em 2014, quando chegou por helicóptero carregada de laranjas, champanhe e um pássaro.

Foto: Slava caminha em direção ao velho farol próximo à estação meteorológica de Khodovarikha para retirar a madeira que cobre suas paredes e a usar como lenha.

© Evgenia Arbugaeva

Mais de El País

image beaconimage beaconimage beacon