Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Intenção de compra na Black Friday permanece estável, mas gasto médio cai

Logotipo do(a) Estadão Estadão 5 dias atrás

A intenção de compra dos consumidores brasileiros na Black Friday, que acontece em 24 de novembro, permanece estável em relação ano passado, porém a previsão é de que os internautas gastem 2% menos que em 2016, de acordo com pesquisa conjunta do Google e do Ibope divulgada nesta segunda-feira, 13.

Assembleia libera uso de celular em escolas estaduais de SP para fins pedagógicos: Smartphones ganham destaque com 37% dos consumidores apresentando intenção de adquirir um novo aparelho © Nilton Fukuda/Estadão Smartphones ganham destaque com 37% dos consumidores apresentando intenção de adquirir um novo aparelho

De acordo com o levantamento realizado entre 27 de outubro e 4 de novembro, 87% dos 1.211 consumidores consultados em cinco regiões do país pretendem adquirir algo na data, que se tornou a mais importante para o varejo brasileiro em vendas depois do Natal.

No entanto, o gasto médio dos consumidores deve cair ligeiramente para R$ 1.071, ante R$ 1.095 ano passado, de acordo com a pesquisa.

++Preços de eletrodomésticos podem variar até 80%, diz pesquisa

++Alibaba bate recorde e vende US$ 25,4 bilhões no Dia do Solteiro

Já entre as categorias de produtos, eletrônicos e eletrodomésticos lideram como os itens mais desejados, com 65% das intenções de compra, seguidos por roupas, calçados e acessórios, com 47%.

Individualmente, os smartphones ganham destaque, com 37% dos consumidores apresentando intenção de adquirir um novo aparelho.

Embora as compras online sejam maioria, com 92% dos consumidores afirmando que comprarão pela Internet, 34% também disseram que aproveitarão as ofertas no varejo físico.

Em agosto, o Google previa aumento de até 20% nas vendas do varejo online na data, com receita de R$ 2,2 bilhões, cerca de 4% de toda a receita do e-commerce brasileiro no ano.

Veja também - o que vale comprar na Black Friday:

O que vale a pena comprar na Black Friday?

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon