Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Controladores da JBS fizeram venda milionária de ações antes de delação

Logotipo do(a) Estadão Estadão 6 dias atrás

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira, 13, o empresário Wesley Batista. O executivo é investigado em inquérito sobre manipulação do mercado financeiro. A prisão faz parte da 2ª fase da Operação Tendão de Aquiles, deflagrada em junho, que tem base em inquérito aberto no dia 19 de maio a partir do Comunicado ao Mercado 02/2017 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que tornou pública a abertura de cinco processos administrativos para apuração de transações que teriam assegurado ao grupo ganhos milionários da noite para o dia no mercado financeiro.

Leia mais: Saiba quem é Wesley Batista, um dos donos da JBS

Em maio, os acionistas controladores da JBS - a FB Participações e o Banco Original - promoveram uma venda milionária de ações da companhia. O montante foi de R$ 155,288 milhões, envolvendo cerca de 18,6 milhões de papéis. Parte dessas ações, no entanto, foi comprada pela tesouraria da JBS, em uma operação que totalizou R$ 55,5 milhões entre os dias 17 e 22 do mês passado.

ctv-bd7-joesley-felipe-rau-pf: Com um terço, Joesley deixa a PF em São Paulo em direção ao aeroporto, onde embarcaria para Brasília © Felipe Rau/Estadão Com um terço, Joesley deixa a PF em São Paulo em direção ao aeroporto, onde embarcaria para Brasília

Enquanto a empresa comprava suas próprias ações, os acionistas controladores se desfaziam de papéis. As vendas pelos controladores ocorreram nos dias 16 e 17 de maio, às vésperas da revelação de que executivos do grupo fizeram uma delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato. Operações de venda também foram registradas nos dias 22, 29, 30 e 31 de maio. Todas foram realizadas por intermédio da corretora Bradesco.

Efeitos da delação da JBS: A JBS já sente os efeitos da crise que se abateu sobre a empresa depois do anúncio da delação premiada dos irmãoes Joesley e Wesley Batista no âmbito da Lava Jato. Nesta segunda-feira, dia 22, as ações da JBS despencaram 31,3%, o valor de mercado recuou em R$ 7,5 bilhões e a agência de risco Moody's reduziu o rating da empresa.Veja a trajetória da JBS. © JF Diorio/Estadão A JBS já sente os efeitos da crise que se abateu sobre a empresa depois do anúncio da delação premiada dos irmãoes Joesley e Wesley Batista no âmbito da Lava Jato. Nesta segunda-feira, dia 22, as ações da JBS despencaram 31,3%, o valor de mercado recuou em R$ 7,5 bilhões e a agência de risco Moody's reduziu o rating da empresa.Veja a trajetória da JBS.

O início: A JBS nasceu em 1953 com a Casa de Carne Mineira, de José Batista Sobrinho, em Anápolis (GO). Em 1957, começa a fornecer carne para os canteiros de obra de Brasília. Nos anos 70, ocorre a compra do primeiro abatedouro, em Formosa (GO). Nesse ano surge a marca Friboi.

A JBS nasceu em 1953 com a Casa de Carne Mineira, de José Batista Sobrinho, em Anápolis (GO). Em 1957, começa a fornecer carne para os canteiros de obra de Brasília. Nos anos 70, ocorre a compra do primeiro abatedouro, em Formosa (GO). Nesse ano surge a marca Friboi.
© Divulgação

No dia 16 de maio, foram vendidas 984.900 ações, ao preço de R$ 10,11. Nesse pregão, o papel recuou 8,62%, a R$ 9,86. No dia seguinte, os controladores se desfizeram de 3.635.000 ações, ao preço de R$ 9,66. A desvalorização ao fim do pregão foi de 3,65%, a R$ 9,75. Também no dia 17, a tesouraria da JBS comprou R$ 35,6 milhões em ações da empresa.

Leia mais: Saiba quem é Wesley Batista, um dos donos da JBS

Mais tarde, após o encerramento dos negócios na Bolsa de Valores, vieram à tona notícias sobre as delações de executivos da JBS, incluindo informações sobre a gravação de uma conversa entre Joesley Batista e o presidente Michel Temer sobre a compra do silêncio do deputado afastado Eduardo Cunha, que atualmente está preso.

+ RELEMBRE: Bolsa derrete e valor das empresas recua R$ 219 bilhões após denúncia contra Temer

Os irmãos Joesley e Wesley Batista, principais acionistas do grupo, teriam auferido ganhos extraordinários no mercado de compra e venda de dólares e ações do grupo quando o teor das delações dos executivos estava na iminência de ser conhecido.

Em 22 de maio, controladores venderam 682.600 ações à cotação de R$ 7,81. O declínio do papel nesse pregão foi de 31,34%, a R$ 5,98.

Em 29 de maio, eles venderam 7.004.100 ações, ao preço de R$ 7,86. O papel encerrou a sessão com queda leve de 0,13%, a R$ 7,70.

Em 30 de maio, foram vendidas 2.220.000 ações, à cotação de R$ 7,64. O papel caiu 3,90%, a R$ 7,4.

Por fim, em 31 de maio, os controladores se desfizeram de 4.109.100 ações, à cotação de R$ 8, sendo que o papel subiu 9,05%, a R$ 8,07. Conforme antecipou o Broadcast, em abril os acionistas controladores venderam R$ 328,5 milhões em ações da empresa.

Dólar. Ainda em maio, a JBS confirmou em nota à imprensa que as movimentações realizadas pela companhia no mercado de câmbio estavam alinhadas à sua política de gestão de riscos e proteção financeira. O Estadão/Broadcast antecipou que a empresa teria adquirido entre US$ 750 milhões e US$ 1 bilhão antes da deflagração da nova crise no País como consequência de gravações feitas pelos donos da empresa, os irmãos Joesley e Wesley Batista.

"A companhia esclarece que gerencia de forma minuciosa e diária a sua exposição cambial e de commodities", informa a JBS, no comunicado.

+ Coluna do Broadcast: Ganho da JBS com compra de dólares é mais que suficiente para pagar multa

Na época, a também JBS informou que "todas as operações de compra e venda de moedas, ações e títulos realizadas pela J&F, suas subsidiárias e seus controladores seguem as leis que regulamentam tais transações".

JBS - Seara e Friboi: Pedido de CPMI foi protocolado por mais de 200 assinaturas, segundo deputado © Clayton de Souza/Estadão Pedido de CPMI foi protocolado por mais de 200 assinaturas, segundo deputado

Alpargatas - Havaianas: Havaianas, da Alpargatas, é alvo de interesse de fundos de investimentos

Havaianas, da Alpargatas, é alvo de interesse de fundos de investimentos
© Sérgio Neves/Estadão

Leia também no MSN Brasil:
PF prende Wesley Batista, irmão de Joesley
O que Moro ainda vai decidir sobre Lula? Entenda
Casal e filho morrem ao cair em cratera de vulcão

Fique por dentro de tudo o que acontece com o App MSN Notícias
Faça o download para Windows, Windows Phone, Android e iOS.

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon