Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Desenvolvedores de apps para iOS ganham US$ 86 bilhões

Logotipo do(a) Forbes Brasil Forbes Brasil 12/01/2018 Redação
iStock © Fornecido por Forbes Brasil iStock

A Apple anunciou, na semana passada, que os desenvolvedores de aplicativos para iOS faturaram US$ 86 bilhões em receita. Isso se deve, parcialmente, aos aplicativos pagos, mas, principalmente, às compras dentro dos apps de games e às transações virtuais dentro deles. Nessa soma sequer é considerada a receita de publicidade obtida pelos aplicativos.

VEJA TAMBÉM: Apple e Amazon negociam entrada na Arábia Saudita

Embora a quantia pareça muito alta, os ganhos ainda estão crescendo. “Durante a semana que começou na véspera de Natal, um número recorde de consumidores fez compras ou baixou apps da App Store, gastando mais de US$ 890 milhões nesse período de sete dias”, comunicou a empresa.

Esse número total de quase US$ 90 bilhões refere-se ao período que começou em julho de 2008, quando a Apple lançou a App Store, mas US$ 26,5 bilhões foram pagos apenas em 2017. Isso significa que em apenas um ano a companhia pagou 31% do total de quase uma década.

Essas somas enormes são, na verdade, apenas uma porção do que os desenvolvedores de apps ganham – o equivalente, geralmente, a 70% da receita obtida quando as pessoas pagam pelos aplicativos, upgrades ou assinaturas. A publicidade é um componente de crescimento rápido da receita de aplicativos móveis que a Apple normalmente não mede. Apenas nos Estados Unidos, a receita com publicidade em aplicativos móveis atingiu US$ 33 bilhões no ano passado.

As receitas globais devem ser pelo menos o dobro disso, apesar de os lucros com publicidade do iOS serem menores no exterior do que nos Estados Unidos, visto que o Android tem uma participação de mercado significativamente maior em nível mundial.

LEIA: O que a Apple poderia fazer com o dinheiro de sua offshore

A semana seguinte ao Natal tem, claramente, receita maior do que as outras: US$ 890 milhões, segundo a Apple. A média semanal em 2017 foi de US$ 510 milhões. Se a Apple conseguir atingir a marca de US$ 900 milhões em cada uma das semanas de 2018, enquanto continua a adicionar clientes e oportunidades de monetização, poderia atingir US$ 46,8 bilhões este ano.

Isso provavelmente não é realista, mas os apps de streaming de música e vídeo continuam a adicionar consumidores rapidamente, e a Apple geralmente ganha uma parte dessa receita.

Em 2017, a App Store gerou, aproximadamente, US$ 11,5 bilhões para a companhia. O crescimento da receita de serviços é um dos principais pontos positivos para os investidores, já que está crescendo mais rapidamente do que o restante da empresa com margens mais altas.

Veja, a seguir, uma análise das receitas da App Store nos últimos quatro anos:

E MAIS: Apple, Facebook e Google decidem entrar no bilionário mercado de produção de séries

2014

-Total gasto na App Store: US$ 15 bilhões

-Total pago aos desenvolvedores: US$ 10 bilhões

-Receita da Apple: US$ 4,5 bilhões

-Total gerado na primeira semana de janeiro: US$ 500 milhões em cobranças

-1 de janeiro foi o dia principal

2015

-Total gasto na App Store: mais de US$ 20 bilhões

-Total pago aos desenvolvedores: US$ 14 bilhões

-Receita da Apple: US$ 6 bilhões

-As duas semanas anteriores a 3 de janeiro de 2016 geraram US$ 1,1 bilhão em gastos

-No dia 1 de janeiro, os gastos totais chegaram a US$ 144 milhões

2016

-Total gasto na App Store: US$ 30 bilhões

-Total pago aos desenvolvedores: US$ 20 bilhões

-Receita da Apple: US$ 8,8 bilhões

-No dia 1 de janeiro, os gastos totais chegaram a quase US$ 240 milhões

2017

-Total gasto na App Store: US$ 35 bilhões

-Total pago aos desenvolvedores: US$ 26,5 bilhões

-Receita da Apple: US$ 11,4 bilhões

-Nos sete dias entre a véspera de Natal e a de Ano Novo, US$ 890 milhões foram gastos

-No dia 1 de janeiro, os gastos totais chegaram a US$ 300 milhões


Siga o MSN no Facebook

Mais de Forbes Brasil

image beaconimage beaconimage beacon