Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Ernesto Araújo diz que tarifa de Trump ‘não preocupa’ o governo

Logotipo do(a) Poder360 Poder360 5 dias atrás Maurício Ferro
Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo teve reuniões com Bolsonaro nesta 2ª feira © Sérgio Lima/Poder360 Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo teve reuniões com Bolsonaro nesta 2ª feira

O ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores) afirmou na tarde desta 2ª feira (2.dez.2019) que o anúncio do aumento da taxa do aço e do alumínio brasileiros pelos Estados Unidos “não preocupa”, apesar de ainda estar na fase de “entender a medida”.

“Vamos procurar entender e depois ver como vamos conversar. Vamos chegar a 1 entendimento sobre isso. Essa medida não nos preocupa nem nos tira desse trilho rumo a uma relação mais profunda”, disse.

Já a ministra Tereza Cristina (Agricultura) afirmou que é o Ministério da Economia que está estudando o impacto da medida anunciada pelo presidente norte-americano Donald Trump.

Programa Pátria Voluntária

Bolsonaro e Michelle Bolsonaro no lançamento do programa Pátria Voluntária © Sérgio Lima/Poder360 Bolsonaro e Michelle Bolsonaro no lançamento do programa Pátria Voluntária

Tanto Tereza Cristina quanto Ernesto Araújo falaram com a imprensa depois de 1 evento no Palácio do Planalto, no qual o governo anunciou o início de uma campanha publicitária do Programa Pátria Voluntária –iniciativa para incentivar o voluntariado e que tem a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, como presidente do conselho.

As ações de publicidade para divulgação do programa estarão na TV, no rádio, na internet, nas redes sociais e no cinema até o dia 20 deste mês. O valor gasto não foi divulgado. Em discurso, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre uma eventual reeleição. “Nossa missão é entregar em 2023, ou 2027, 1 Brasil bem melhor do que quem nos antecedeu.”

Bolsonaro ainda agradeceu aos seus ministros por terem aceitado estar no governo e, em suas palavras, “trabalhar como voluntários”. Depois de discursar, brincou com a primeira-dama e dançou por alguns segundos no palco.

O presidente não comentou o aumento da taxação do aço e do alumínio nesta cerimônia. Ele falou sobre o assunto na saída do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, e numa entrevista ao vivo à rádio Itatiaia. Disse que conversaria com o ministro Paulo Guedes (Economia) e, “se for o caso“, ligaria ele próprio para Trump.

Em atualização da agenda, o Planalto divulgou que Bolsonaro teve 1 hora de reunião na tarde desta 2ª feira com os ministros Ernesto Araújo, Paulo Guedes, Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), líder do governo no Congresso.

Em seguida, o presidente voltou a se reunir por 30 minutos com Ernesto Araújo e Paulo Guedes, mas desta vez na presença de Carlos Roberto Pio da Costa Filho, secretário-executivo da Camex (Câmara de Comércio Exterior).

__________________________

Vídeo: Janaína Paschoal: 'Bolsonaro cria conflitos onde não precisa' (TV Cultura)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Poder360

image beaconimage beaconimage beacon