Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Johnson pede que Reino Unido "construa, construa, construa" para superar crise do Covid-19

Logotipo do(a) Reuters Reuters 30/06/2020 Por William James
Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson © Reuters/POOL Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson

Por William James

LONDRES (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, prometeu tirar a economia britânica da crise causada pelo coronavírus nesta terça-feira, acelerando o investimento em infraestrutura e reduzindo as regras de planejamento de propriedades.

À medida que o Reino Unido ressurge do confinamento, Johnson procura deixar de lado as críticas sobre o manejo da pandemia adotado por seu governo com um plano para reparar os danos econômicos e remodelar o país.

"Não podemos continuar simplesmente sendo prisioneiros da crise", afirmou Johnson. "Precisamos trabalhar rápido, porque já vimos a queda vertiginosa do PIB." [nL1N2E70EA]

Com um apelo para que o país "construa, construa, construa", Johnson anunciou planos para acelerar os gastos em infraestrutura do governo e "vasculhar a burocracia" em torno do planejamento para facilitar o desenvolvimento de propriedades.

Prometendo não cortar gastos, comparou seu plano ao programa "New Deal" do ex-presidente dos EUA, Franklin D. Roosevelt, da década de 1930, que incluía projetos de criação de empregos para ajudar os Estados Unidos a se recuperarem da Grande Depressão.

View the full site

image beaconimage beaconimage beacon