Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Temer pede ajuda a Silvio Santos na defesa da reforma da Previdência

Logotipo do(a) Estadão Estadão 4 dias atrás Tânia Monteiro e Vera Rosa

ctv-v5j-presidente-michel-temer---dida-sampaio-estadao: Presidente Michel Temer © Dida Sampaio/Estadão Presidente Michel Temer

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer terá um jantar na noite desta quinta-feira, 20, com o empresário e apresentador Silvio Santos. O encontro servirá, principalmente, para que Temer acerte com o dono do SBT, que tem grande penetração nas classes populares, uma ajuda para "desmistificar" o que o governo chama de "mentiras" sobre a reforma da Previdência. O encontro foi acertado na semana passada, quando Temer esteve em São Paulo cortando o cabelo no salão do cabeleireiro Robson Jassa. Um outro amigo comum e também apresentador do SBT, Carlos Roberto Massa, o Ratinho, ajudou a costurar a conversa entre Temer e Silvio Santos.

O presidente quer que o apresentador faça a defesa do projeto do governo para o público. A estratégia de comunicação será conversada neste encontro. Inicialmente não há intenção de Temer ir ao programa do Silvio, mas aproveitar o espaço no programa de Silvio para disseminar o discurso de que as mudanças não vão acabar com aposentadorias ou direitos. Em um segundo momento, Temer até poderia gravar para o programa.

Ao conversar com seu cabeleireiro, na semana passada, Temer lamentou a resistência que estava enfrentando na reforma da Previdência. Jassa, então, falou que Ratinho poderia ajudá-lo e o apresentador sugeriu, então, que Temer falasse com Silvio Santos. Esta semana, Ratinho e Temer conversaram novamente, desta vez por telefone, e agendaram o jantar com Silvio para esta quinta.

Ratinho já se comprometeu com Temer a explicar ao seu público a importância da reforma. O apresentador defende as mudanças nas regras de aposentadoria. Em uma segunda oportunidade, em data ainda a ser marcada, o presidente poderá, também, aparecer no programa de Ratinho. Temer embarcou para São Paulo no final da tarde e deve voltar para Brasília nesta sexta-feira.

O encontro acontece no mesmo dia em que a Procuradoria afirma que Silvio Santos e Lula se reuniram para 'salvar o Panamericano', que pertencia ao comunicador. A investigação faz parte da operação Conclave, deflagrada pelo Ministério Público nesta semana. O irmão de Silvio, Henrique Abravanel, teve os sigilos fiscal e bancários quebrados para apurar possível gestão fraudulenta de ações do Banco Panamericano pela Caixa.

Bastidores. O presidente tem intensificado sua agenda de entrevistas e encontros com políticos, em uma 'romaria' em defesa da reforma da Previdência. Esta semana foram apresentadas as primeiras campanhas com mensagens mais apelativas e outras já estão sendo preparadas. Além de propaganda defendendo as mudanças na Previdência, o Planalto quer divulgar, também, campanha defendendo a reforma trabalhista, que é alvo de ataques de sindicalistas. A ideia é colocar esta propaganda no ar antes de serem iniciadas as manifestações programadas para o 1º de Maio, Dia do Trabalho.

Temer também está programando uma ida ao Nordeste, com paradas no Recife e visita ao porto de Suape, visita recorrente dos ex-presidentes petistas. O presidente está em busca de penetração no Nordeste, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mantém-se na dianteira em popularidade.

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon