Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

4 lições em empreendedorismo de Sara Blakely

Logotipo do(a) Forbes Brasil Forbes Brasil 04/09/2018 Deborah Sweeney

4 lições em empreendedorismo de Sara Blakely - GettyImages © Fornecido por BPP Publicações e Participações Eireli (Forbes Brasil) 4 lições em empreendedorismo de Sara Blakely - GettyImages  

Algum tempo atrás, Sara Blakely foi convidada para uma festa. Naquela época, a empresária vendia máquinas de fax de porta em porta e economizava dinheiro para comprar uma calça branca bem cara. Ela queria usá-la na festa, mas buscava uma aparência perfeita, ou seja, sem marcas de roupas íntimas sob a peça. Para conseguir esse visual, cortou os pés de uma meia-calça e a usou por baixo.

VEJA TAMBÉM: 5 dicas de empreendedorismo do presidente da Cabify

Quando se olhou no espelho, Sara constatou que estava suavemente moldada por aquela roupa íntima. Naquele instante, percebeu que aquele era o tipo de produto que precisava estar disponível para todas as mulheres, independentemente do formato de seus corpos. A empreendedora aplicou sua única reserva em dinheiro - US$ 5.000 - na patente de sua ideia e no projeto do protótipo de sua marca de shapewear, a Spanx.

Hoje, Sara é uma bilionária self-made - com US$ 1,1 bilhão, ocupa a 1.190a posição na lista em tempo real da FORBES. Seu portfólio de produtos - que se expandiu para incluir também roupas de maternidade, leggings e até uma linha Spanx para homens - é vendido em lojas de departamento e está disponível em 65 países. Oprah Winfrey declarou a Spanx como uma de suas "coisas favoritas", e Sara Blakely é a mais jovem bilionária mulher a ser incluída na lista de bilionários da FORBES.

Empresários que admiram Sara (e certamente há muitos deles) e que se inspiram em sua história podem acompanhar, na galeria de imagens a seguir, algumas das maiores dicas de negócios compartilhadas pela empresária ao longo dos anos:

__________________________________

Vídeo: Investidores de Hong Kong recorrem a videntes (Via Reuters)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Forbes Brasil

image beaconimage beaconimage beacon