Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Demi Lovato tem febre alta e outras complicações da overdose, diz site

Logotipo do(a) VEJA.com VEJA.com 30/07/2018 Meire Kusumoto
Demi Lovato: A cantora americana Demi Lovato realiza apresentação no Rock In Rio Lisboa – 24/06/2018 © Getty Images A cantora americana Demi Lovato realiza apresentação no Rock In Rio Lisboa – 24/06/2018

Demi Lovato está “muito, muito doente” depois da overdose que sofreu na semana passada, segundo o site TMZ. Fontes próximas da cantora afirmaram à publicação que ela está sofrendo com náusea “extrema” e uma febre alta, além de outras complicações por causa da overdose. Demi continua internada no Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles.

A americana teve uma overdose na terça-feira passada e, de acordo com o TMZ, ficou à beira da morte. Ela estava inconsciente quando os paramédicos chegaram em sua casa e precisou ser reanimada com Narcan, um antídoto usado em casos de overdose por opioides.

Os médicos ainda não definiram quando Demi terá alta. “Ela está sob os cuidados de especialistas e deve se recuperar completamente”, disse uma fonte do TMZ.

Ex-estrela da Disney, Demi se tornou uma porta-voz na luta contra os vícios e transtornos mentais desde 2011, quando foi internada em uma clínica de reabilitação. Ela ficou sóbria por seis anos. A cantora afirmou em diversas ocasiões que tinha problemas com consumo de álcool, cocaína e analgésicos.

Em junho, Demi lançou a música Sober, em que ela revela ter tido uma recaída no processo de recuperação. Na letra, a jovem diz: “Mãe, sinto muito, não estou mais sóbria/ e pai, por favor me perdoe pela bebida que derrubei no chão. E me perdoem os fãs que novamente me viram cair/ Eu quero ser um bom modelo, mas sou apenas humana.”

----------------------------

Vídeo: Pai de Kanye West é diagnosticado com câncer de próstata (Via Bang Showbiz)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Veja.com

image beaconimage beaconimage beacon