Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Fátima Bernardes abre o jogo sobre namoro à distância com Túlio Gadêlha

Logotipo do(a) Veja São Paulo Veja São Paulo 12/09/2018 Redação VEJA São Paulo
fatimatulio © Veja SP fatimatulio

Em conversa com Luiza Possi no canal do YouTube da cantora, Fátima Bernardes tocou em um ponto pouco comentado sobre o relacionamento entre a apresentadora e Túlio Gadêlha: a rotina do namoro à distância.

– A situação ideal não é essa, não é isso o que a gente sonha. As pessoas gostam, quando se amam, de estarem juntas. Mas a vida não é feita de situações ideais, mas de situações possíveis. Entre estar com uma pessoa que vale a pena longe e uma que não vale a pena perto, a opção óbvia é pela que vale a pena. A gente cria alguns artifícios… Mas a gente não sabe por quanto tempo isso será viável. Estou há sete meses nessa situação e está tudo tranquilo.

Luiza, então, disse que Fátima tem uma maleabilidade em relação ao namoro:

– Mais ou menos – retrucou a global – Depende do seu dia. Tem dias em que você está muito maleável, tem dias em que não está. Tem vantagens e desvantagens. A grande desvantagem é que você não está perto da pessoa quando deseja, só quando é possível. Mas tem aquela coisa de você manter por mais tempo o calor do início do romance. Você fica numa expectativa maior por mais tempo. Você cria uma expectativa por aquela chegada, você constrói… Você não perde tempo com bobagem, você não perde tempo para discutir… A gente nem tem tempo para o desentendimento.

Fátima, então, disse que o importante é “não se sentir sozinha” em um namoro à distância. “O importante é você estar se sentindo acompanhada, com alguém presente, mesmo que esteja longe”. Assista:

Repetir vídeo

_________________

Mais em Veja São Paulo

image beaconimage beaconimage beacon