Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Infarto fulminante mata o radialista Paulo Barboza aos 73 anos

Logotipo do(a) VEJA.com VEJA.com 16/04/2018 Maria Carolina Maia
Paulo Barboza: O radialista Paulo Barboza © Facebook O radialista Paulo Barboza

Morreu nesta madrugada o radialista Paulo Barboza, aos 73 anos. Locutor da Rádio ABC, ele era considerado um dos grandes comunicadores da rádio AM, frequência em que era um campeão de audiência. Seu “codinome” era “o maior amor de São Paulo”, apelido que ganhou da cantora Fafá de Belém.

Barboza, que há quinze horas estava no Twitter, comemorando a vitória do Corinthians sobre o Fluminense por 2×1, sofreu um infarto fulminante, de acordo com mensagem publicada pela ABC no perfil da estação no Facebook.

Seu velório será a partir das 9h desta segunda-feira e a cremação, às 17h no cemitério Horto da Paz, localizado à rua Horto da Paz, 191, em Itapecerica da Serra.

Repetir vídeo


Siga o MSN no Facebook

Mais de Veja.com

image beaconimage beaconimage beacon