Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

As novidades justificam a compra anual dos jogos de 'FIFA'?

Logotipo do(a) ESPN ESPN 19/06/2017 Ricardo Caetano/ESPN.com.br
O português Cristiano Ronaldo é o grande destaque de FIFA 18, seja na capa ou dentro de campo. © Divulgação/EA Sports O português Cristiano Ronaldo é o grande destaque de FIFA 18, seja na capa ou dentro de campo.

O esporte mais popular no Brasil sempre fez sucesso também nos videogames, favorecido por uma intensa disputa entre duas grandes franquias: Pro Evolution Soccer e FIFA. No caso do jogo da EA Sports, a proximidade do lançamento da nova temporada em FIFA 18 agita os fãs com as novidades que o jogo pode oferecer.

A maior quantidade de informações sobre FIFA 18 começou a "pipocar" durante o EA Play, evento realizado pela Electronic Arts em Los Angeles, no último dia 10 de junho, um dia antes da E3. Reunimos todas as informações que cerca este lançamento tão esperado para você estar a par quando o jogo for lançado.

Modo Jornada
FIFA 18 marca a segunda temporada do modo 'Jornada' de Alex Hunter. © Divulgação/EA Sports FIFA 18 marca a segunda temporada do modo 'Jornada' de Alex Hunter.
Um dos grandes sucessos de FIFA 17, o modo Jornada coloca o jogador no controle de Alex Hunter, recém-saído das categorias de base do futebol inglês e no inicio sua carreira na Premiere League.

União entre a simulação do futebol e características de um jogo de videogame (história, personagens e decisões a tomar), o Jornada em FIFA 17 permitiu que o jogador, ao longo de sua primeira temporada, "controlasse" a vida de Alex Hunter. O modo tornou-se um sucesso de público.

Em sua segunda temporada, Alex Hunter já tem um nome na primeira divisão inglesa. Um vídeo promocional cheio de estrelas do futebol comenta sobre Hunter, que está de férias no Brasil e fará pré-temporada nos EUA. Agora, veremos do que Hunter será capaz nas mãos de cada jogador deste modo.

Substituições ao vivo
Boa adição à franquia, a facilidade na hora das substituições rende dinamismo a partida. Os jogadores poderão trocar atletas de seu time por uma lista à parte, com a bola parada, sem necessidade de entrar em menus especiais. Este menu terá informações importantes, como cansaço ou cartões dos atletas, além de sugestões de trocas.

Estilo de jogo do time
Antes exclusividade da Microsoft, os jogadores clássicos estarão no PlayStation e PC. © Divulgação/EA Sports Antes exclusividade da Microsoft, os jogadores clássicos estarão no PlayStation e PC.
A mentalidade e estratégia em campo terão um destaque merecido em FIFA 18. As opções para escolha de acordo a situação da partida ou estratégia do jogador serão oferecidas pelo próprio jogo, como o "tiki-taka", sistema que prioriza a posse de bola e troca de passes ou a marcação alta no campo do adversário, exemplos famosos usados por grandes times por todo globo.

Ícones
Antes conhecidos como jogadores "lendários" - e exclusivos para os videogames da Microsoft - estes atletas clássicos do modo Ultimate Team estarão nas demais plataformas em FIFA 18. Rebatizados de "Ícones", estes atletas possuem atributos bastantes altos pois tratam-se de lendas do futebol mundial. Cinco deles já são conhecidos em FIFA 18: os brasileiros Ronaldo Nazário e Pelé, o argentino Diego Maradona, o francês Thierry Henry e o goleiro russo Lev Yashin.

Versões do jogo e capa
Cristiano Ronaldo e Ronaldo "Fenômeno" são os destaques de capa das diversas versões de FIFA 18. A opção mais completa e cara é "Ídolo", com o Fenômeno em evidência. Quem comprar esta edição na pré-venda, terá direito aos seguintes prêmios:

Acesso ao jogo três dias antes do lançamento oficial;
Até 40 Pacotes Ouro Premium Jumbo do FIFA Ultimate Team (dois por semana durante 20 semanas, no valor de até $120);
Jogador por empréstimo da "Seleção da Semana" do FUT por três partidas (um empréstimo semanal de três partidas);
Ronaldo Nazário como jogador para o modo Ultimate Team por 5 partidas (empréstimo);
Oito uniformes especiais para FUT.

A edição intermediária é "Ronaldo", com Cristiano Ronaldo na capa e destaque no jogo. O português foi recriado especialmente em um sistema de captura de movimentação, que inclui sua passada, chutes e comemorações. Confira os bônus para quem comprar esta opção:


Acesso três dias antes do lançamento oficial, a partir de 26 de setembro;
Até 20 Pacotes Ouro Premium Jumbo do FIFA Ultimate Team (dois por semana durante 20 semanas, no valor de até $120);
Cristiano Ronaldo como jogador para o modo Ultimate Team por 5 partidas (empréstimo);
Oito uniformes especiais para FUT.

A versão para Nintendo Switch terá algumas particularidades em relação às outras plataformas. © Divulgação/EA Sports A versão para Nintendo Switch terá algumas particularidades em relação às outras plataformas.

A edição "Padrão" é a mais comum, a tradicional. A pré-venda oferece:

Até 5 Pacotes Ouro Premium Jumbo do FIFA Ultimate Team (dois por semana durante 20 semanas, no valor de até $120);
Cristiano Ronaldo como jogador para o modo Ultimate Team por 5 partidas (empréstimo);
Oito uniformes especiais para FUT;

Versão para Switch
FIFA 18 para o Nintendo Switch será um pouco diferente em relação as demais plataformas. Adaptado para as opções oferecidas pelo console quanto a mobilidade ímpar e partidas multiplayer, assim como sua limitação técnica, FIFA 18 rodará na engine Ignite, e não no Frostbite como nos demais videogame.

No lado positivo, o Switch terá o modo FIFA Ultimate Team, Carreira, Jogo Rápido e Temporadas Locais (não terá o modo Jornada), além da opção de emparelhamento de dois consoles para jogar os campeonatos contra um amigo.

Polêmica do jogo anual
Com a ascensão nos últimos anos de FIFA e a liderança pelo gosto do jogador em relação ao seu grande competidor, Pro Evolution Soccer, da Konami, FIFA criou uma forte base de fãs forte. Turbinado pelo modo Ultimate Team, um sucesso entre os jogadores, mesmo com os preços praticados para compra de novos jogadores para se formar um elenco poderoso.

Uma discussão importante que ganha corpo é a necessidade do lançamento de um jogo anual. Quem é contrário a essa ideia argumenta que o jogo só recebe uma atualização de elencos para acompanhar o mercado mundial futebolístico, mas mudanças estruturais não justificam o investimento a cada ano de R$ 200 a R$ 300.

O contra-argumento da EA Sports é que a empresa inclui alguns novos elementos e desenvolve tecnicamente o jogo a ponto de se justificar mais uma compra. Veremos se as novidades de FIFA 18 justificarão esta aquisição.

FIFA 18 será lançado para PlayStation 4, Xbox One, PC, PlayStation 3, Xbox 360 e Nintendo Switch no próximo dia 29 de setembro.

Mais de ESPN

image beaconimage beaconimage beacon