Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

O Game Boy está voltando e não é pelas mãos da Nintendo

Logotipo do(a) Gizmodo Gizmodo 11/01/2018 Andrew Liszewski

As versões retrô do NES e SNES continuam vendendo como água, então podemos dizer com tranquilidade que a Nintendo deve reviver mais consoles em breve. Porém, antes mesmo de existir a chance de um Game Boy Classic Edition ser mais do que um rumor, a fabricante de periféricos Hyperkin está lançando o seu próprio remake do videogame portátil.• Nova bandana da Philips promete melhorar seu sono sussurrando no seu ouvido• Assistente de voz da LG não responde a comandos e deixa executivo na mãoA companhia decidiu chamar a sua versão de Ultra Game Boy, o que é um nome temporário. Mas ainda assim, é uma descrição perfeita do hardware da Hyperkin, que melhora o Game Boy original de diversas maneiras, sem afetar o estilo clássico.

© Fornecido por F451 Midi Ltda. A carcaça de alumínio faz com que o Game Boy da Hyperkin pareça bem resistente e enorme. Com sorte, os seus pais guardaram todos os cartuchos da época.

A carcaça do Ultra Game Boy é feita de alumínio, o que o torna meio pesado. O seu Game Boy original provavelmente está coberto de risquinhos e defeitos, mas é preciso abusar bastante do produto da Hyperkin para ele começar a apresentar marcas de uso. O Ultra Game Boy carrega consigo os botões de volume e contraste do produto original, mas a versão final incluirá ainda um terceiro botão para ajustar o brilho da tela. A luz da tela também pode ser desligada, se você preferir uma experiência mais tradicional.Algumas novidades do Ultra Game Boy incluem bateria de autonomia de seis horas, uma porta USB-C para carregamento, além de um par de alto-falantes estéreos e conexões de saída de áudio. Por que melhorar o sistema de som do Game Boy se esses games antigos geram apenas som mono? Além do apelo para gamers retrô, o videogame da Hyperkin também está sendo customizado para músicos que curtem fazem chiptune e que usam consoles clássicos para criar uns sons eletrônicos. Sim, isso existe e é bem popular, pelo menos entre este público.

© Fornecido por F451 Midi Ltda. Quem será a primeira a colocar o Game Boy de volta ao mercado? Hyperkin ou Nintendo?

A Hyperkin espera lançar o Ultra Game Boy, ou seja lá qual for o seu nome final, no final do verão do hemisfério norte (lá para setembro, mais ou menos), com um preço abaixo dos US$ 100. Parece que a Nintendo terá que correr atrás desse prejuízo, mas uma coisa que o console da Hyperkin não terá serão os jogos embutidos. Ele é capaz de rodar todos os games do Game Boy e possivelmente do Game Boy Color, mas é preciso colocar os cartuchos originais (eu já consigo prever os preços de cartuchos subindo). Esse fator pode torná-lo menos atraente para algumas pessoas, mas não me impedirá de gostar dele.

© Reprodução

O Game Boy está voltando e não é pelas mãos da Nintendo

Mais de Gizmodo

image beaconimage beaconimage beacon