Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Xbox Scarlett deve focar em frame rate e jogabilidade, diz Phil Spencer

Logotipo do(a) Canaltech Canaltech 13/08/2019 Felipe Ribeiro
Xbox One X © Sergio Oliveira Xbox One X

Anunciado durante a E3 2019, o Project Scarlett, ou Xbox Scarlett, será o console de próxima geração da Microsoft. Entre as especificações prometidas, estão a capacidade de rodar jogos em 8K, suporte a Ray Tracing e taxa de quadros de até 120fps. Tradicionalmente, a mudança de uma geração para outra traz melhoras visuais absurdas, mas essa diferença tem diminuído ao longo dos anos e isso, ao que parece, deve se repetir na transição para o Scarlett e o PS5, já que o PS4 Pro e, principalmente, o Xbox One X, trouxeram melhorias significativas para seus consoles-base.

Veja mais no MSN Brasil:
SNES no Switch? Nintendo registra novo controle do console (IGN Brasil Network)
Minecraft cancela Super Duper Graphics (Canaltech)
Control terá legendas em português no Brasil (IGN Brasil Network)
'Plants Vs. Zombies: Battle for Neighborville' é registrado pela EA (IGN Brasil Network)

"Acho que a área que realmente queremos focar na próxima geração é a taxa de quadros e a jogabilidade", disse Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, em entrevista exclusiva ao GameSpot. "Garantir que os jogos carreguem incrivelmente rápido, garantindo que o jogo esteja rodando na maior taxa de quadros possível".

A idéia de "jogabilidade" é bastante nebulosa, mas Spencer parece estar se referindo à noção de jogos rodando tão bem quanto em PCs de última geração e reduzindo os tempos de carregamento tanto quanto possível. Isso é um pouco diferente dos objetivos dos consoles atuais, como o Xbox One X, que estava focado em atingir o 4K.

"O que é interessante é que, nesta geração, nos concentramos nos recursos visuais 4K e em como oferecemos filmes nessa resolução em Blu-ray e em streaming de vídeo, além do Xbox One X permitir que os jogos sejam exibidos em 4K com melhorias que seriam vistas apenas na próxima geração. Mas a jogabilidade é provavelmente o maior foco para nós nesta geração [do Project Scarlett]. Quão rápido [os jogos] carregam? Eu sinto que posso entrar no jogo o mais rápido possível e enquanto estiver jogando? Como será que é a sensação? O jogo tem o visual e roda como nunca antes? Essa é a nossa meta", disse Spencer.

Retrocompatibilidade

Outra prioridade para a Microsoft: compatibilidade com versões anteriores, ou a capacidade de o Project Scarlett rodar todos os seus jogos antigos. "Garantir que todas as quatro gerações de conteúdo sejam todas executadas na próxima plataforma é importantes para nós. Queremos respeitar os jogos que você comprou de nós", comenta Spencer.

E aí, estão ansiosos para a próxima geração de consoles? Deixem nos comentários.

Fonte: CNET

Trending no Canaltech:

Vídeo: Menino dança ao som de alarme de moto (BuzzVideos)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Canaltech

image beaconimage beaconimage beacon