Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Festival de Cinema BACIFI premia diretor brasileiro Tiago Melo

Logotipo do(a) AFPAFP 22/04/2018
Espectadores assistem a um filme durante o Festival de Cinema de Buenos Aires (BACIFI), na praça Francia, na capital argentina, em 24 de abril de 2017 © Fornecido por AFP Espectadores assistem a um filme durante o Festival de Cinema de Buenos Aires (BACIFI), na praça Francia, na capital argentina, em 24 de abril de 2017

O brasileiro Tiago Melo foi contemplado com o prêmio de melhor diretor na Competição Internacional do XX Festival Internacional de Cinema Independente de Buenos Aires (BACIFI), informaram os organizadores neste sábado (21).

Melo ganhou o prêmio com seu filme "Azougue Nazaré", em que combina os estilos ficção e documentário.

Outra produção brasileira, "As boas maneiras", de Juliana Rojas e Marco Dutra, ganhou uma menção do júri, que também contemplou o coreano "A Tiger in Winter", de Lee Kwang-Kuk.

O prêmio máximo da Competição Internacional ficou com "La flor", do consagrado diretor e produtor argentino Mariano Llinás. O filme, de 14 horas de duração, foi exibido em seis episódios durante as duas semanas de duração do festival, que se encerra neste domingo.

O longa também rendeu às suas protagonistas, as argentinas Pilar Gamboa, Elisa Carricajo, Laura Paredes e Valeria Correa, o prêmio de melhores atrizes.

O dinamarquês Anders Juul foi reconhecido o melhor ator por seu trabalho em "A Horrible Woman", do seu compatriota Christian Tafdrup.

O Prêmio Especial do Júri ficou com o filme de animação "Violence Voyager", do diretor japonês Ujicha.

O irlandês Dónal Foreman ficou com o grande prêmio da Competição de Vanguarda e Gênero por "The Image You Missed".

O filme "Averno", do boliviano Marcos Loayza, foi o ganhador na categoria melhor produção da Seção Latino-americana da mostra. Outro boliviano, Mauricio Alfredo Ovando, foi reconhecido como o melhor diretor da Seção Latino-americana por "Algo quema".

O vigésimo BAFICI homenageou os cineastas John Waters (Estados Unidos) e Philippe Garrel (França), mediante conferências e projeções de alguns de seus filmes mais consagrados.

Vídeo: Kylie Jenner recebe críticas por ter ido ao Coachella (Via )

A SEGUIR
A SEGUIR


Siga o MSN no Facebook

image beaconimage beaconimage beacon