Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Presidente da Academia, John Bailey é investigado por assédio sexual

Logotipo do(a) Adorocinema Adorocinema 16/03/2018 Rodrigo Torres
AdoroCinema © AdoroCinema AdoroCinema

John Bailey, presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS), está sendo investigado por assédio sexual. A direção da instituição que administra o Oscar recebeu três queixas contra o executivo, e já abriu inquérito para apurar o caso. A informação é da Variety.

Lois Burwell, maquiador veterano que ocupa a vice-presidência da AMPAS, deverá substituir John Bailey até a próxima eleição do cargo, em julho. Seu afastamento é muito provável, haja vista o código de conduta da organização, estabelecido em dezembro, que prevê punição sumária em caso de má conduta de seus membros.

Em outubro, apenas 10 dias após a reportagem do New York Times que denunciou o longo histórico de abuso sexual de Harvey Weinstein, o poderoso produtor foi expulso da Academia. O movimento #MeToo e o próprio posicionamento da instituição provocaram a ausência de Casey Affleck da entrega do Oscar de melhor atriz no Oscar 2018.

A eleição de John Bailey — um homem branco de 75 anos — como sucessor de Cheryl Boone Isaacs, em agosto de 2017, foi motivo de contestação. Ela, mulher e negra, promoveu mudanças fundamentais e positivas na AMPAS após as manifestações do #OscarSoWhite. Ele, muito crítico a quem viu com resistência a sua escolha, está próximo de uma saída pela porta dos fundos da organização.

_________________________________________________________________________

Vídeo: Celebridades falam sobre assassinato de Marielle Franco (Via Zoomin.TV)

A SEGUIR
A SEGUIR

Siga o MSN no Facebook

Mais de Adorocinema

image beaconimage beaconimage beacon