Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Empresa de envelopes do Oscar pede ‘sinceras desculpas’ por erro

Logotipo do(a) VEJA.com VEJA.com 27/02/2017 Rita Loiola
Melhor Filme do Oscar © image/jpeg Melhor Filme do Oscar

A empresa que supervisiona a votação do Oscar pediu “sinceras desculpas” nesta segunda-feira” e se responsabilizou pela confusão que levou o filme La La Land – Cantando Estações a ser anunciado por engano como melhor filme. O verdadeiro vencedor foi Moonlight: Sob a Luz do Luar, o grande premiado após a gafe histórica que gerou enorme constrangimento durante a cerimônia.

“Pedimos sinceras desculpas a Moonlight, La La Land, Warren Beatty, Faye Dunaway e ao público do Oscar pelo erro durante o anúncio de Melhor Filme”, afirmou a empresa PricewaterhouseCoopers (PwC) em comunicado publicado no Twitter. “Por engano, os apresentadores receberam o envelope da categoria errada o que, assim que descoberto, foi imediatamente corrigido.”

La La Land – Cantando Estações havia sido anunciado pelos apresentadores Warren Beatty e Faye Dunaway como o vencedor da estatueta – os produtores do filme de Damien Chazelle já estavam no palco, discursando e agradecendo, quando um deles afirmou que havia acontecido um engano: Moonlight era o vencedor. Os produtores de La La Land foram rápidos e, simpáticos, cederam o microfone aos colegas de Moonlight, afirmando que estavam “muito felizes” de estarem entregando o prêmio a eles. Na plateia, o constrangimento e a incredulidade eram gerais. Barry Jenkins, diretor de Moonlight, segurava a estatueta do Oscar e afirmava que mal sabia o que dizer.

Segundo a PricewaterhouseCoopers, empresa de auditoria que supervisiona a votação e contagem dos votos há 83 anos, o equívoco está sendo investigado. A empresa diz que “lamenta profundamente” a confusão e que agradece “a graça” com que os indicados, a Academia, a ABC e Jimmy Kimmel lidaram com a situação.

Veja também

Premiação por engano

Quando Warren Beatty voltou ao microfone para explicar que estava com o envelope errado, contou que em seu envelope estava escrito “Emma Stone, La La Land”. “Por isso que dei uma olhada tão demorada a Faye. Eu não estava tentando ser engraçado”, afirmou.

A investigação da PwC, uma das empresas de auditoria mais respeitadas do globo, deve se concentrar em uma medida que pretende tornar o sistema de entrega dos envelopes à prova de erros: há envelopes duplicados com o resultado dos vencedores, que ficam com dois funcionários da empresa, posicionados um em cada lado do palco, nas coxias. Eles são entregues aos apresentadores e também servem para conferir os resultados depois do anúncio, no caso de algo dar errado. A questão é como o envelope que acabava de ser entregue a Emma Stone, que ganhou a estatueta de melhor atriz, foi dado a Beatty.

Arquivado em:Entretenimento

Cerimônia de premiação do Oscar Empresa pede ‘sinceras desculpas’ por troca de envelopes no Oscar

Mais de Veja.com

image beaconimage beaconimage beacon