Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Festival de Cannes 2017: Pintou a Palma de Ouro? François Ozon é aplaudido com o suspense erótico L'Amant Double

Logotipo do(a) Adorocinema Adorocinema 26/05/2017 Francisco Russo
AdoroCinema © AdoroCinema AdoroCinema

Independente do país de origem, jornalista que cobre o Festival de Cannes está sempre conversando sobre de onde pode vir a Palma de Ouro. Por mais que a mostra competitiva deste ano esteja bastante parelha e de boa qualidade, não houve um filme gerasse um forte burburinho em torno do assunto... até agora!

Exibido hoje à noite para a imprensa mundial, L'Amant Double foi o filme mais aplaudido dentre os exibidos na mostra competitiva - o que não significa que tenha sido unanimidade, é bom ressaltar! Ao término da sessão, muitos eram os comentários de que o filme era "genial" e "um lixo".

Tamanha divisão tem motivo. De volta ao suspense erótico, o diretor François Ozon (Swimming Pool, Jovem e Bela) traz a história de uma mulher reprimida sexualmente que, após constantes dores na altura do estômago, decide buscar ajuda psiquiátrica. Assim conhece Paul, que após algumas sessões se torna seu amante. Ele então indica uma colega para tratar de seu novo amor, mas ela prefere se consultar com outro psicólogo: o irmão gêmeo de Paul, que desconhecia até então.

Sem o menor medo de flertar com o bizarro, Ozon mergulha fundo em uma trama repleta de clichês típica de filmes B ou pulp books, com direito a muita tensão sexual - e cenas quentes - envolvendo os protagonistas Marine Vacth e Jérémie Renier. A habilidade do diretor em orquestrar história tão absurda é o que a torna tão atraente, especialmente após a impactante - e genial! - cena de abertura.

Se L'Amant Double é o filme mais controverso da mostra competitiva até o momento, é preciso também dizer que não se trata do melhor trabalho do diretor - ao menos Dentro da CasaRicky são melhores. Ainda assim, a proximidade da conjunção tensão erótica/bizarrices/manipulação de clichês com os primeiros filmes dirigidos por Pedro Almodóvar, presidente do júri deste ano, é um argumento dos que acreditam que possa levar a Palma de Ouro.

Com apenas mais dois filmes da mostra competitiva a serem exibidos, In the Fade e We Were Never Really Here, a bolsa de apostas dos premiados em Cannes está em polvorosa. O anúncio dos premiados acontecerá neste domingo, com cobertura do AdoroCinema. Fique ligado!

Leia também no MSN Brasil:
Anitta tem presença confirmada em TV dos EUA
'Game of Thrones': 8ª temporada terá seis episódios
Filme da Netflix reúne gigantes em Cannes

Fique por dentro de tudo o que acontece com o App MSN Notícias
Faça o download para Windows, Windows Phone, Android e iOS.

Mais de Adorocinema

image beaconimage beaconimage beacon