Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Com média de um gol a cada 23 minutos, Alcácer comanda goleada da Espanha contra País de Gales

Logotipo do(a) ESPNESPN 11/10/2018
Paco Alcácer comemora gol pela Espanha contra País de Gales © Getty Images Paco Alcácer comemora gol pela Espanha contra País de Gales

O nome do momento no futebol mundial é o de Paco Alcácer. E ex-atacante de Barcelona e Valencia, atualmente no Borussia Dortmund, vive uma fase especial em sua carreira. Nesta quinta-feira, ele marcou dois gols e comandou a goleada da Espanha por 4 a 1 para cima de País de Gales em amistoso.

A fase de Alcácer é tão boa que ao marcar o seu segundo gol no duelo desta quinta, ele alcançou a incrível marca de nove gols nos últimos 203 minutos em que esteve em campo, seja pela seleção ou pelo Dortmund. Isso dá uma média de uma bola na rede a cada 23 minutos.

Além dele, os zagueiros Sergio Ramos e Bartra também marcaram para completar a goleada. Nos minutos finais, Vokes diminuiu o placar.

A Espanha volta à campo já na próxima segunda-feira, quando recebe a Inglaterra pela Nations League. Um dia depois, pela mesma competição, País de Gales joga contra a Ucrânia fora de casa.

O JOGO

A equipe espanhola começou o jogo trocando passes, estudando o adversário em busca de espaços. E conseguiu. Aos oito minutos, após cruzamento na área, Hennessey tirou de soco, mas Alcácer ficou com a sobra, dominou e mandou no ângulo, sem chances para o goleiro: 1 a 0.

A Espanha não encontrava dificuldades. Tinha o controle do jogo e não tardou a balançar a rede novamente. Aos 19 minutos, em cruzamento certeiro de Suso, Sérgio Ramos subiu completamente sozinho e cabeceou para o fundo do gol para ampliar o placar e marcar o seu tento de 96 na carreira – o 15º pela seleção.

Gales chegou a assustar De Gea de leve, aos 22 minutos, mas a bola de Wilson saiu por cima, mas levou algum perigo.

A resposta veio na sequência. E de novo com ele, o inspirado Alcácer. Aos 29 minutos, o atacante aproveitou vacilo de Wilson na área e bateu de primeira para anotar o terceiro.

O gol confirma a excelente fase do jogador: o atacante do Borussia Dortmund tem nove gols em 203 minutos jogados nesta temporada, ou seja, média de um tento a cada 23 minutos.

A seleção de Gales ainda colocou uma bola na trava espanhola aos 35 minutos, mas a 'Roja' tinha total controle da partida e ditava o ritmo do jogo.

As equipes voltaram bastante modificadas para a segunda etapa, como era de se imaginar. Mesmo assim, o jogo era tranquilo para os espanhóis, que estavam mais perto de marcar o quarto do que sofrer o primeiro. Por exemplo aos 12 minutos, quando Suso soltou uma bomba e a bola explodiu no travessão.

Gales só chegou com perigo aos 25 minutos depois de jogada iniciada por Ramsey na direita. Vokes recebeu na área, mas a defesa espanhola afastou o perigo sem maiores dificuldades.

E mais uma vez, a Espanha respondeu logo na sequência. Com 28 minutos de bola rolando, em cobrança de escanteio de Suso, Bartra subiu mais alto e cabeceou sem chances para Hennessey. Foi o primeiro tento do zagueiro com a camisa da seleção espanhola e a primeira vez em dez anos que um jogador do Betis marca pela Fúria.

No finzinho, aos 45 minutos do segundo tempo, País de Gales conseguiu seu gol de honra, diminuindo a diferença com cabeçada de Vokes, que desviou em Bartra antes de entrar.

Mais de ESPN

image beaconimage beaconimage beacon