Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Diego Alves exalta Flamengo e decreta: 'Antes do pegador de pênalti, vem o Diego goleiro'

Logotipo do(a) ESPN ESPN 3 dias atrás ESPN.com.br

A SEGUIR
A SEGUIR

O goleiro Diego Alves foi apresentado nesta segunda-feira pelo Flamengo. E falou sobre um dos assuntos ao qual mais é ligado em sua carreira: as defesas de pênalti.

"Eu sei que é um assunto que se debate bastante, por eu defender bastante pênalti, mas eu levo com naturalidade. Tem de perguntar para os cobradores. Na Espanha sempre me perguntaram isso, mas eu não gosto de pênalti. Não gosto. Mas estou sempre preparado. Antes do pegador de pênalti, vem o Diego Alves goleiro, que tem de ser importante em muitas outras coisas", analisou o atleta.

Formado no Botafogo-SP e com passagem pelo Atlético-MG, Diego Alves ficou marcado no futebol espanhol como pegador de pênaltis. Foram 25 defendidos em 52, sendo três de Cristiano Ronaldo e outros de Lionel Messi. E o atleta exaltou seu novo clube, o Flamengo, durante entrevista de apresentação.

"Eu tinha várias opções na Europa, mas desde quando o Flamengo entrou na situação foi conversado de uma forma franca. Eu senti essa honestidade da parte do Flamengo também. Esse foi um dos motivos que, junto do meu desejo, me fez vestir esse manto, voltar ao Brasil e jogar nesse time que, antes de assinar, falei que era o clube que atrai qualquer jogador do mundo", apontou o atleta.

Para contar com o goleiro, os cariocas desembolsarão 300 mil de euros (cerca de R$ 1,1 milhão), e o jogador de 32 anos assinará contrato por três anos e meio, até dezembro de 2020. Ele vem do Valência, da Espanha. E está de olho na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

"A vinda para o Flamengo foi pensando no Flamengo, pensando na minha vida profissional no Flamengo. Acredito que a seleção brasileira é um prêmio pelo momento que o jogador vive no seu clube. Em todos os clubes em que passei, tive a oportunidade de estar na Seleção. Vou trabalhar bastante para também ser convocado no Flamengo", apontou Diego Alves.

"Claro que estamos resolvendo o termo burocrático de documentação, os papéis que precisam ser trocados, mas eu vinha treinando nas minhas férias. Tive uns 10 ou 15 dias que parei para descansar, porque não somos máquinas, mas eu sempre vinha treinando. Claro que eu quero estar em campo. Mas preciso treinar, ver o treinador, conversar com todos", acrescentou o atleta.

"O projeto do Flamengo é muito sério. é um projeto que já vem construindo há anos. Dá para ter uma noção. É um projeto que chamou bastante atenção. Eu acredito que já venho há anos. Esse projeto é um projeto bastante importante que eu quero ajudar a crescer", finalizou.

Com a briga por um lugar na Copa do Mundo de 2018 em seu horizonte, a expectativa é de que o novo reforço chegue pronto para assumir a camisa 1, posto que vem sendo ocupado por Thiago. Alex Muralha, que chegou a integrar a seleção brasileira devido a um grande momento que viveu, caiu de produção e foi para o banco de reservas.

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de ESPN

image beaconimage beaconimage beacon