Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Fluminense mantém cautela e não estipula prazo para acerto com Nenê

Logotipo do(a) LANCE! LANCE! 12/01/2019 Marcello Neves
Nenê está sendo monitorado pelo Fluminense(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net) © Fornecido por Areté Editorial S/A Nenê está sendo monitorado pelo Fluminense(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

O Fluminense busca um meio-campista no mercado e a possibilidade de contar com Nenê em 2019 é bem vista nas Laranjeiras. Entretanto, a operação é tratada com cautela pela direção do clube carioca. Com dificuldades financeiras, o Tricolor sabe que terá de buscar outros meios para convencer o atleta e o São Paulo. Com isso, terá um aliado: o tempo.

– Houve o contato, sim, mas até agora não teve nada de concreto. Estou com a cabeça tranquila. Essas coisas eu deixo para meu empresário e a diretoria – disse Nenê, quando perguntado sobre as negociações com o Fluminense.

O Fluminense trabalha com cautela nas conversas por Nenê. O primeiro passo é saber se a vontade do atleta é realmente voltar para o Rio de Janeiro. Tendo isso, entra em campo o jogo de fatores que pode ajudar na transferência. Sem dinheiro, o Fluminense se vende como uma boa oportunidade para a carreira do meio-campista de 37 anos, que sabe que terá a chance de uma nova temporada em alta e sendo líder.

Nenê não será titular absoluto no São Paulo, coisa que será - incluindo a possibilidade de assumir a camisa 10 - no Fluminense. No Tricolor Paulista, carrega a concorrência de Hernanes, a principal contratação do clube para a posição nesta janela, enquanto na equipe carioca será o principal nome do setor.

O primeiro reflexo foi visto na Flórida Cup. Nenê, apesar do gol marcado na derrota para o Eintrach Frankfurt, começou entre os reservas - cenário que deve se repetir muitas outras vezes durante a temporada. Nas redes sociais, as especulações geraram duas ondas: parte dos torcedores paulistas querem a sua saída, enquanto grande parte dos cariocas torcem pela sua chegada. Tudo isso está sendo colocado em análise.

Outro ponto que pesa a favor: Nenê tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2019 e, caso não renove, poderia assinar um pré-contrato no meio do ano e sair de graça no final da temporada. A possibilidade de um negócio "bom para todos" é o caminho buscado. O São Paulo conta com o atleta, mas não o trata como inegociável. O desejo paulista é conseguir algum retorno pelo investimento realizado no atleta.

O Fluminense também sabe que, tirando o Campeonato Carioca, nenhum outro torneio será definido no primeiro semestre da temporada e não estipula um prazo final para a contratação do meio-campista. Pelo contrário, o Tricolor já cogita investir acima do seu teto salarial de R$ 150 mil para que Nenê defenda o clube.

A carência de meias no elenco tricolor é visível, mas não é tratada como desesperadora. Apesar dos poucos nomes de origem, a qualidade de Caio Henrique e Daniel é vista com bons olhos, além de contar com outros atletas que podem executar essa função - como Mateus Gonçalves, Yony Gonzalez ou Luciano. Ou seja, o Fluminense terá tempo para negociar.

Nenê tem 57 jogos e marcou 13 gols pelo São Paulo. Com Diego Aguirre, chegou a ser reserva em alguns jogos, mas retomou a titularidade na reta final do Campeonato Brasileiro com André Jardine. O Fluminense busca meio-campista após negociar Sornoza para o Corinthians.

Mais de Lance!

image beaconimage beaconimage beacon