Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Apresentado no Barça, Mina entra em campo descalço, faz a dancinha e celebra: 'Maior clube do mundo'

Logotipo do(a) ESPNESPN 13/01/2018 ESPN.com.br
Zagueiro Yerry Mina, na apresentação aos torcedores do Barcelona © Getty Zagueiro Yerry Mina, na apresentação aos torcedores do Barcelona

O Barcelona apresentou oficialmente a sua torcida na manhã deste sábado seu novo reforço para a próximas cinco temporadas. Yerry Mina, ex-Palmeiras, assinou contrato e tirou suas primeiras fotos com a camisa culé dentro do Camp Nou.

Resultados e palpites do Bing para a rodada do Campeonato Espanhol


Campeonato Espanhol no MSN:
Tabela | Resultados | Classificação | Notícias

Como já é tradição no Barça, o zagueiro entrou no gramado e fez as famosas embaixadinhas, para delírio dos torcedores, que compareceram em bom número para ver o colombiano.

Na entra em campo, uma curiosidade: extremamente carismático, Mina retirou as chuteiras, agradeceu aos céus e, descalço, foi para dentro do tapete do estádio barcelonista. O ato é uma superstição do defensor.

Depois, a pedido dos torcedores, ele fez sua famosa dancinha que ficou famosa nos tempos de Palmeiras.

"Estou muito contente de estar aqui no Barça. Quero, antes de mais nada, agradecer a Deus, ao presidente e a todos que tornaram realidade essa chegada aqui, o maior clube do mundo", disse o jogador, que ainda não teve sua numeração revelada.

"Quero aprender muito com meus companheiros, ganhar coisas grandes. Sempre sonhei com isso, e agora realizei esse sonho. Vou desfrutar, estar tranquilo e ir passo a passo rumo aos objetivos. Muito obrigado", completou o colombiano, que é titular absoluto de sua seleção e irá à Copa do Mundo da Rússia.

"Yerry Mina é um jogador de grande talento que vai desfrutar muitíssimo dos anos no Barcelona. Ele vai fazer os torcedores muito felizes nos próximos anos", elogiou Josep Maria Bartomeu, presidente do Barça.

Mina foi contratado do Palmeiras por 11,8 milhões de euros (R$ 45,5 milhões, pelas cotações atuais), e sua cláusula de rescisão de é de 100 milhões de euros (R$ 385,5 milhões).

Pelo clube alviverde, o defensor realizou 49 partidas entre 2016 e 2017 e marcou nove gols. Ele havia chegado do Independiente Santa Fe, após grande pré-Libertadores com a equipe de seu país natal.

Mais de ESPN

image beaconimage beaconimage beacon