Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Dúvida no gol, Camacho como meia e Kazim titular: o Corinthians de Carille

Logotipo do(a) ESPN ESPN 12/01/2017 ESPN.com.br
Fabio Carille durante entrevista coletiva do Corinthians © Gazeta Press Fabio Carille durante entrevista coletiva do Corinthians

Fabio Carille ainda não sabe como escalará o Corinthians em 2017 nem sequer tem uma espinha dorsal da equipe pensada - situações que ele disse esperar esclarecer ainda nessas primeiras semanas de trabalho -, mas o treinador já deu algumas pistas.

Segundo Carille, Camacho será o meia de criação de seu time. O treinador até reconheceu que no ano passado o ex-jogador do Audax foi utilizado como volante, mas não quer repetir.

"O Camacho não é volante. Do jeito que eu penso futebol, nós usamos ele como volante no ano passado pela necessidade, mas ele é um meia de criação e vocês viram que ele atuou assim no Audax, quando foi vice-campeão paulista", disse Carille, ao responder um jornalista se a posição de volante é um dos setores carentes do time na temporada.

No elenco, Carille tem como volantes: Cristian, Marcial, Jean e Warian - este último não tem nenhum jogo pelo time alvinegro. Mas no site corintiano Camacho aparece como volante. Já estão certos, porém não foram oficializados Paulo Roberto e Gabriel.

Pode até ter mais um nome no setor, uma vez que Fellipe Bastos, ex-Vasco e que tenta a liberação junto ao Al Ain, dos Emirados Árabes, já está apalavrado com o Corinthians. Mas o treinador não vê o provável reforço como um volante de marcação.

"Fellipe Bastos é um cara que sai para o jogo. Não é primeiro volante. Jogamos contra ele quando estava no Grêmio, na Ponte Preta e no Vasco", disse o treinador.

Outra pista dada por ele foi sobre Kazim. Carille disse que acompanha o ex-atacante desde os tempos de Turquia e sabe que pode utilizá-lo tanto pelos lados como pelo centro. Ou seja, a seja do inglês naturalizado turco ser titular é bem grande.

"Ele é um jogador que pode atuar nas três funções da frente. Ele pode atuar tanto na [ponta] esquerda como na [ponta] direta ou centralizado", disse Carille.

O treinador também ressaltou que quer uma equipe que saiba valorizar a posse de bola, o que significa que pensa em um time rápido e técnico.

"Vai ser um Corinthians muito organizado. Quanto antes tivermos o elenco formado, melhor. Vai ser um time muito organizado, com muita posse de bola e muita entrega."

Jogadores do Corinthians correm no primeiro treino do time em 2017 © Gazeta Press Jogadores do Corinthians correm no primeiro treino do time em 2017
  • AS DÚVIDAS DE CARILLE

As dúvidas são pontuais. Ainda não definiu quem será o goleiro titular: Cássio ou Walter. "Não tivemos tempo de pensar sobre isso. Mas até o fim de semana isso já vai ser definido, porque vamos trabalhar o time para o primeiro jogo." Nem sabe o que fará com as laterais direita e esquerda, uma vez que Fagner e Uendel podem sair do clube.

"Não queremos perder qualidade. A ideia é não perder mais ninguém e fortalecer mais ainda. Fagner está muito bem, Rodriguinho e Marlone também estão muito bem. Esperamos manter todos", completou o treinador corintiano.

Mais de ESPN

image beaconimage beaconimage beacon