Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Athletico-PR bate Inter e abre vantagem na final da Copa do Brasil

Logotipo do(a) LANCE! LANCE! 6 dias atrás LANCE!
Miguel Locatelli/Athletico © Fornecido por Areté Editorial S.A. Miguel Locatelli/Athletico

Deu Athletico-PR na primeira parte da final da Copa do Brasil. Em belo gol de Bruno Guimarães, o Furacão bateu o Internacional por 1 a 0 e agora joga por um empate para ficar com o título. Cabe ao Colorado vencer por dois gols de diferença. Se vencer por um gol, a taça será decidida nos pênaltis.

A partida da volta está marcada para a próxima quarta-feira, a partir das 21h30 (Horário de Brasília), no Beira-Rio.

O confronto

Como é rotina nos jogos dentro da Arena, o Athletico-PR chamou a responsabilidade e tentou encurralar o Internacional desde os minutos iniciais. Diante de uma defesa bem postada, o Furacão apostou nos chutes de fora da área e assustou Marcelo Lomba.

Fechado no campo defensivo, o Colorado explorava os contra-ataques. Cérebro do meio-campo, D’Ale colocava a sua experiência em prática e municiava seus companheiros, principalmente Nico López, que chegou a levar perigo em chute cruzado.

Após um começo elétrico, o ritmo do confronto caiu, a disputa no meio-campo aumentou e os goleiros pouco trabalharam.

Na etapa final o Inter se soltou no ataque. Nos primeiros minutos, Edenilson virou a válvula de escape e encostou nos homens de frente. No primeiro lance, o volante cruzou e Patrick finalizou na rede pelo lado de fora. Na segunda, ele invadiu a área, bateu forte e viu a bola passar ao lado do poste.

Aos 12 minutos, quando a torcida esboçava uma leve reclamação com a equipe, o Furacão abriu o placar. No passe de Marco Ruben, Bruno Guimarães saiu na cara de Lomba e estufou as redes, 1 a 0.

Após levar o gol, o Internacional tentou controlar o jogo e cozinhava na troca de passes. Porém, quando o Furacão teve a posse de bola, quase ampliou. Rony fez jogada individual, driblou os zagueiros e só parou em Milagre de Lomba.

Com pouca produtividade no campo ofensivo, o Colorado teve a bola de ouro após cruzamento. Porém, Guerrero foi travado por Wellington e Santos defendeu para segurar a vitória.

ATHLETICO-PR 1 x 0 INTERNACIONAL

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)

Data-Hora: 27/4/2019 – 21h30

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Neuza Inês Back (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo (SP)

Público/renda: pagantes/R$

Cartões amarelos: Nikão, Kehllven, Wellington (ATH), Wellington Silva (INT)

Cartões vermelhos: –

Gols: Bruno Guimarães (12’/2ºT)

ATHLETICO-PR: Santos; Kehllven, Robson Bambu, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães, Léo Cittadini (Tony Anderson, aos 12/2ºT) e Nikão; Rony (Lucho González, aos 35/2ºT) e Marco Ruben (Marcelo Cirino, aos 21/2ºT). Técnico: Tiago Nunes.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Bruno, Victor Cuesta, Rodrigo Moledo e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Nonato, aos 28/2ºT), Patrick e D’Alessandro (Rafael Sobis, aos 37/2ºT); Nico López (Wellington Silva, aos 18/2ºT) e Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

Mais de Lance!

image beaconimage beaconimage beacon