Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Com dose inesperada de emoção, Palmeiras supera obstáculos e confirma vaga

Logotipo do(a) 90min 90min 31/08/2018 Rodrigo Salomao
FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-CERROPORTENO © NELSON ALMEIDA/GettyImages FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-CERROPORTENO

​Se a partida entre Palmeiras e Cerro Porteño, nesta quinta-feira, puder ser resumida em uma só frase seria "uma noite de sustos". O resultado conquistado no primeiro jogo, lá no Paraguai, deu importante margem aos palmeirenses para correr certos riscos. Como por exemplo o de perder Felipe Melo em apenas três minutos de jogo. O panorama, que parecia tranquilo, mudou de figura. A derrota por 1 a 0 em São Paulo foi o suficiente.

Palmeiras v Cerro Porteno - Copa CONMEBOL Libertadores 2018 © Alexandre Schneider/GettyImages Palmeiras v Cerro Porteno - Copa CONMEBOL Libertadores 2018

O meio-campista alviverde foi dividir com Victor Cáceres e acertou bem mais que apenas a bola. Após punir Felipe com o cartão amarelo, o árbitro Germán Delfino mudou de ideia e aplicou o vermelho direto. Foi a deixa para que um confronto muito bem encaminhado voltasse a ter emoção. O jogo ficou franco, com os paraguaios acreditando e os palmeirenses se portando bem, mas o gol não saiu na primeira etapa.

Na volta do intervalo, mais um susto. O centroavante Borja e o meia Rodrigo Rojas tiveram um choque de cabeças e quem levou a pior foi o atleta do Cerro, que precisou deixar o campo de jogo de ambulância após longo atendimento médico no Allianz Parque. 

Eis que, poucos momentos depois, mais tensão no estádio: Santiago Arzamendia, aos 12 do segundo tempo, fez jogada pela esquerda e aparentemente tentou cruzar para a área. Só que a bola tomou um rumo inesperado e foi direto para o gol, pondo fim à escrita da defesa palmeirense. Visitantes na frente e com um jogador a mais.

Foi a partir daí que ​Luiz Felipe Scolari resolveu fechar de vez a equipe. Tirou Borja para a entrada de Thiago Santos, administrou o resultado com o regulamento debaixo do braço e, com grande dose de pressão no final, brigas nos acréscimos (Deyverson entrou e foi expulso) e muita catimba, sacramentou a classificação do Palmeiras às quartas de final da Copa Libertadores. Agora o Verdão terá pela frente o Colo-Colo, de Valdivia e Barrios. Vem mais tensão por aí?

________________________________________________________________________________

Vídeo: Repórter relata agressão no Mineirão após Cruzeiro x Fla (Via ESPN)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de 90min

image beaconimage beaconimage beacon