Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Conmebol não atende pedido da Chape, mas pune Nacional por “aviãozinho”

Logotipo do(a) Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva 13/02/2018 Gazeta Esportiva

© Fornecido por Gazeta Esportiva

O Tribunal Disciplinar da Conmebol não atendeu ao anseio da Chapecoense em excluir o Nacional, do Uruguai, da Copa Libertadores da América por conta da ação de alguns torcedores na Arena Condá, durante o confronto entre as equipes, pela segunda fase da Copa Libertadores da América. Na ocasião, pelo menos dois fãs uruguaios foram flagrados fazendo gestos de “aviãozinho”, em tom de ironia com o acidente aéreo sofrido pela delegação verde em novembro de 2016, que vitimou 71 pessoas e se tornou a maior tragédia da história do esporte.

O documento emitido na noite dessa segunda-feira e assinado pelo diretor Francisco Figueredo, apesar de não concordar com as alegações do clube catarinense quanto ao pedido de exclusão, decide por punir o Nacional de outras formas.

A agremiação uruguaia está proibida de ter torcedores nos estádios pelas próximas três partidas que disputar como visitante em competições sul-americanas. Além disso, terá de arcar com uma multa de 80 mil dólares, a ser descontada diretamente de seu contrato com de patrocínio com a televisão. E, por fim, o Nacional foi advertido de que uma nova ocorrência de natureza semelhante será julgada como agravante.

Caso não se sinta satisfeita, a Chapecoense pode recorrer a Câmara de Apelações da Conmebol em um prazo de até sete dias a contar a partir dessa terça-feira. A assessoria de imprensa do clube comunicou que, devido ao horário adiantado, prestes a entrar na madrugada, a Chape se furtaria momentaneamente de qualquer manifestação sobre o caso.

Leia também:

Familiares de vítimas da Chape emitem nota de repúdio à gozação

Dessa forma, o Nacional segue livre para projetar sua campanha na Copa Libertadores da América. Depois de vencer a Chapecoense tanto no Brasil quanto em Montevidéu por 1 a 0, agora os uruguaios terão pela frente os argentinos do Banfield, pela terceira fase do torneio, a última antes da definição de quem integrará o grupo 2, que já conta com Santos, Estudiantes-ARG e Real Garcilaso-PER.


Siga o MSN Esportes no Facebook

Mais de Gazeta Esportiva

image beaconimage beaconimage beacon