Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Libertadores: 'chefão' da torcida do Boca Juniors viaja a Madri, mas não pode entrar no Bernabéu

Logotipo do(a) ESPNESPN 4 dias atrás ESPN.com.br
Rafael Di Zeo (2º à esq.) em jogo do Boca em 2015 © Getty Images Rafael Di Zeo (2º à esq.) em jogo do Boca em 2015

Baixe o app Microsoft Notícias e fique atualizado sobre as notícias mais importantes para você. Disponível para iOS e Android.

O chefe da ‘La Doce’ estará na Espanha para a final da Libertadores. Rafael Di Zeo, liderança histórica da Barra Brava do Boca Juniors, conseguiu na última quarta-feira a permissão da justiça argentina para viajar a Madri, ainda que esteja proibido de entrar no Santiago Bernabéu.

As Barras Bravas são o que mais se assemelha a uma torcida organizada no país alviceleste.

Di Zeo não pode entrar em estádios na Argentina, mas costuma acompanhar seu time no exterior, onde não existe a proibição. Ele esteve presente no Camp Nou, por exemplo, quando os xeneizes enfrentaram o Barcelona no Troféu Joan Gamper nesta temporada.

Porém, o Diretor Nacional de Segurança em Espetáculos Futebolísticos da Argentina, Guillermo Madero, confirmou ao Diario Olé que o ‘capo’ da torcida não poderá estar na arquibancada contra o River Plate.

O ‘chefão’ dos fanáticos pelo Boca Juniors já foi preso algumas vezes e precisa sempre pedir permissão à justiça quando deseja sair do país. Nesta oportunidade, o judiciário concedeu o desejo de Di Zeo, desde que ele informe data da viagem e local de hospedagem.

________________________________________

Vídeo: Torcida de Boca e River 'empurram' jogadores para Madri (Via ESPN)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de ESPN

image beaconimage beaconimage beacon