Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Prass pega pênalti, Borja faz três e Palmeiras garante melhor campanha

Logotipo do(a) Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva 17/05/2018 Gazeta Esportiva

© Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press
O Palmeiras garantiu a melhor campanha da primeira fase da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira. No Allianz Parque, com um pênalti defendido por Fernando Prass e gols de Miguel Borja, o time alviverde ganhou por 3 a 1 do Junior Barranquilla.

O triunfo da equipe alternativa armada por Roger Machado deixa o Palmeiras com 16 pontos e assegura a vantagem de disputar a segunda partida das fases eliminatórias do torneio dentro de casa. Já o Junior Barranquilla, ultrapassado pelo Boca Juniors, fica com sete pontos e acaba eliminado.

O sorteio dos confrontos pelas oitavas de final da Copa Libertadores está marcado para o dia 4 de junho, na sede da Conmebol – os jogos serão disputados de 8 a 29 de agosto, depois da Copa do Mundo. Pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, às 21 horas (de Brasília) de sábado, o Palmeiras enfrenta o Bahia, no Allianz Parque.

O Jogo – Com os atacantes Dudu e Borja como únicos titulares, o Palmeiras sofreu durante o primeiro tempo. O goleiro Fernando Prass, escalado como capitão, teve trabalho para manter o placar inalterado diante do Junior Barranquilla, que dependia de um triunfo para avançar.

Em chute frontal disparado por Téo Gutierrez, o veterano arqueiro palmeirense fez bela defesa ao saltar no canto direito. Pouco depois, após cruzamento vindo do lado esquerdo, Chará cabeceou e exigiu nova intervenção providencial de Fernando Prass.

O Palmeiras melhorou um pouco nos minutos finais e Dudu, após receber passe de Borja, parou na saída de Sebastian Viera. Em jogada pela direita, Guerra tentou acionar o centroavante colombiano, mas o goleiro do Junior Barranquilla defendeu novamente. A torcida, insatisfeita, vaiou o time local ao fim do primeiro tempo.

O Palmeiras voltou aceso para a etapa complementar e logo acertou o travessão com Tchê Tchê de fora da área. Aos seis minutos, a equipe mandante enfim inaugurou o marcador. Viera espalmou cruzamento feito por Mayke pela direita e Borja aproveitou o rebote para marcar.

Pouco depois, o árbitro paraguaio Enrique Cáceres viu pênalti de Luan sobre Téo Gutierrez. Com um salto para o lado esquerdo, Prass defendeu a cobrança de Barrera e vibrou muito. Aos 14 minutos, após chutão do goleiro palmeirense e vacilo da zaga colombiana, Borja recebeu de Willian e tocou com categoria na saída de Viera.

O Junior Barranquilla diminuiu aos 21 minutos, quando Chará cruzou da direita para Téo Gutierrez, em posição de impedimento, completar. Aos 23, Guerra levantou na área, a zaga colombiana cortou e a bola sobrou para Borja marcar seu terceiro. O colombiano, substituído por Hyoran, deixou o campo ovacionado.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 1 JUNIOR BARRANQUILLA 

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 16 de maio de 2018, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Enrique Cáceres (PAR)

Assistentes: Eduardo Cardozo e Juan Zorilla (PAR)

Público: 25.787 torcedores

Renda: R$ 1.621.350,28

Cartões amarelos: Emerson Santos (PALMEIRAS); Piedrahita (JUNIOR)

GOLS:

PALMEIRAS: Borja, aos seis, 14 e 26 minutos do segundo tempo

JUNIOR BARRANQUILLA: Téo Gutierrez, aos 21 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Emerson Santos, Luan e Victor Luis; Thiago Santos, Tchê Tchê (Bruno Henrique) e Guerra (Deyverson); Dudu, Willian e Borja (Hyoran)

Técnico: Roger Machado

JUNIOR BARRANQUILLA: Sebastian Viera; Marlon Piedrahìta, Jorge Arias, Jhonatan Ávila e David Murillo (Rafael Pérez); Leonardo Pico e Victor Cantillo; Yimmi Chará (Luiz Ruiz), Barrera e Yonny González (Luis Díaz); Teófilo Gutierrez

Técnico: Julio Comesaña


Siga o MSN Esportes no Facebook

Mais de Gazeta Esportiva

image beaconimage beaconimage beacon