Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Copa de 2026: com Canadá, EUA e México, como serão as sedes do Mundial?

Logotipo do(a) ESPNESPN 13/06/2018 Jeff Carlisle e Armando Neria, do ESPNFC.com
Repetir vídeo

Canadá, EUA e México superaram a candidatura de Marrocos e formarão a sede tripla para a Copa do Mundo de 2026. A escolha foi feita em um Congresso da Fifa nesta quarta-feira. E agora, como será feita a divisão dos jogos no Mundial?

Chicago, palco da abertura da Copa de 1994, e Vancouver, anfitriã do Mundial feminino de 2015, já desistiram da competição. Sobram 23 cidades no páreo.

No entanto, não é o país-sede (no caso, o trio de sedes) que vai decidir as cidades que receberão a Copa. Quem bate o martelo é a Fifa. Mas, hoje, o cenário aponta 16 locais, sendo 10 nos EUA, 3 no Canadá e outros 3 no México.

Veja, abaixo, os favoritos, lembrando que, obviamente, muita coisa pode acontecer até a decisão oficial:

Canadá

Estádio Olímpico, em Montreal © Getty Images Estádio Olímpico, em Montreal
Edmonton: O Commonwealth Stadium tem capacidade para 60 mil torcedores e tem sido palco de uma série de eventos esportivos. Seria necessária a instalação de um gramado natural.

Montreal: O Olympic Stadium já mostra alguns sinais dos seus 50 anos de história, mas, com capacidade para 60 mil torcedores, pinta como um dos palcos para a Copa.

Toronto: O BMO Field, casa do Toronto FC, seria a casa menor. Sua capacidade é para 30 mil torcedores, expansível para 40 mil.

México

O Estádio Azteca, na Cidade do México © Photo by Marcos Delgado/Clasos.com/LatinContent/Getty Images O Estádio Azteca, na Cidade do México
Cidade do México: O Azteca foi construído nos anos 60, mas remodelado nas últimas décadas. Com capacidade para 87 mil, seria o único estádio a abrigar 3 edições do Mundial.

Monterrey: A cidade é perto dos EUA e conta com a arena mais moderna do país, o BBVA Bancomer, casa dos Rayados, inaugurada em 2 de agosto de 2015 com capacidade para 53 mil espectadores.

Guadalajara: Inaugurado em 2010, o Estádio Chivas conta com quase 48 mil lugares e excelentes instalações.

EUA

Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta © Getty Images Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta
Atlanta: O Atlanta United ressurgiu na MLS, e o estádio da cidade, o recém-inaugurado Mercedes-Benz Stadium, com mais de 70 mil lugares, tem cara de Copa.

Boston: Uma das mais importantes cidades do país não deve ficar fora do Mundial com o Gilette Stadium, casa do New England Patriots (NFL) e New England Revolution (MLS) e seus 60 mil lugares.

Dallas: O moderno AT&T Stadium é perto do México, é casa do time de NFL mais popular dos EUA - Dallas Cowboys - e tem capacidade para mais de 100 mil fãs. Favoritaço.

Los Angeles: A cidade será sede, só não se sabe com qual estádio. O Rose Bowl recebeu a final de 1994 e pode ser repetido em um Mundial. Outra opção é o novo estádio em Hollywood Park, a ser inaugurado em 2020 e com mais de 100 mil lugares.

Kansas City: Sem Chicago, seria a sede dos EUA mais centralizada com o Arrowhead Stadium, nascido em 1972 e reformado em 2010.

Miami: A Flórida estará na Copa com Miami ou Orlando, a Fifa decidirá. A balança, hoje, pende mais para Miami, pelo glamour maior do que a quase vizinha. Com mais de 65 mil lugares, o remodelado Hard Rock Stadium, palco da despedida de Neymar do Barcelona contra o Real Madrid, está pronto.

Nova York: Alguém duvida que a cidade não estará na Copa? Casa do New York Jets e do New York Giants, o MetLife Stadium fica em New Jersey (não espalhe!), mas não estranhe se a arena com 83 mil lugares possa ser a eleita para receber a decisão.

Seattle: Com 72 mil lugares, o CenturyLink Field tem tudo para ser eleito para a Copa, já que está em uma das cidades que mais consome o futebol no país.

San Francisco: O Levi's Stadium tem a seu favor o fato de ter sido palco de quatro partidas na Copa América Centenario de 2016.

Washington: Além de ser a capital, a cidade tem uma extensa história de apoio ao esporte. O FedEx Field, em Maryland, com 82 mil lugares, aparece como um dos favoritos para a Copa.

Mais de ESPN

image beaconimage beaconimage beacon