Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Após denúncias de agressão, Chape rescinde contrato do goleiro Ivan

Logotipo do(a) Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva 15/03/2019 Gazeta Esportiva
Goleiro Ivan é acusado de agressão à ex-noiva © Fornecido por Fundação Cásper Líbero Goleiro Ivan é acusado de agressão à ex-noiva

Após ser acusado de agressão a ex-noiva, o goleiro Ivan teve seu contrato rescindo pela Chapecoensenesta sexta-feira. O clube emitiu um comunicado oficial, no qual informa que o arqueiro não é mais atleta da equipe.

'Ligue 180' recebe denúncias sobre assédio e violência contra a mulher

“A Associação Chapecoense de Futebol comunica, oficialmente, o desligamento do goleiro Ivan dos quadros do Clube”, informou.

Com isso, o atleta deixa o clube após pouco mais de um ano e o contrato dele era válido até o fim de 2019. A Chape não deve se pronunciar mais sobre o caso, além do comunicado já emitido.

Ivan é suspeito de roubar o celular da ex-noiva e de um outro rapaz, além de feria a moça com uma faca em episódio ocorrido em Espinosa, Minas Gerais.

A diretoria da Chapecoense se reuniu com o atleta na última quinta-feira, após ele desembarcar em Chapecó e teria liberado Ivan das atividades da equipe até a próxima semana. No entanto, com a repercussão que o caso tomou, a diretoria antecipou a tomada de decisão sobre o caso.

Veja as notícias mais importantes do dia no seu celular com o app Microsoft Notícias. Disponível para iOS e Android. Baixe agora.

Mais de Gazeta Esportiva

image beaconimage beaconimage beacon