Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Debate: VAR vai dar certo no Brasil? Especialistas opinam

Logotipo do(a) Torcedores.com Torcedores.com 23/04/2019 Matheus Leal
© Fornecido por Goalmedia Tecnologia e Marketing Digital Ltda.

Implementado no Brasil em 2018, o árbitro de vídeo ganhou força e destaque nacionalmente nesta temporada com a reta final dos Estaduais. Porém, o que era para diminuir as polêmicas, aumentou ainda mais as discussões. Demora nas decisões, erros mesmo com a consulta às imagens e a pressão feita pelos jogadores e técnicos acendeu um debate: o VAR vai dar certo no Brasil?

No Campeonato Brasileiro 2019, a CBF garantiu que todos os 380 jogos terão auxílio do VAR. E a tendência é que as discussões continuem pelo menos nessas primeiras rodadas da competição. O Torcedores.com conversou com árbitros e técnicos para saber a opinião deles em relação ao uso da tecnologia nos Estaduais e a previsão para o decorrer da temporada. Para o presidente da comissão nacional de arbitragem, Leonardo Gaciba, o VAR vai ser “ótimo”. Já para o ex-árbitro e atual comentarista Sálvio Spinola, as dez primeiras rodadas do Brasileirão serão tensas.

Veja a opinião dos demais especialistas:

Rafael Traci – eleito melhor árbitro do Brasileirão 2018 pelo Bola de Prata

“Achei bem válido nos Estaduais. Acho que o VAR é uma ferramenta muito importante para o futebol e trará mais justiça aos jogos. Acredito sim que vai dar certo no Brasileirão. Nós, árbitros, estamos em constante treinamento e tem tudo para dar certo. Mas necessita de uma melhora cultural. Tudo no Brasil é pior que na Europa, o que não é verdade. Com certeza temos um quadro com excelentes árbitros. A imprensa também precisa mudar um pouco sua postura e ajudar. Checagem do VAR demorou, tudo bem, concordo, mas acertou o lance? Sim em 99% dos casos. Melhor desta forma ou deixar errado? Essa demora é no mundo todo e lá fora também existem erros mesmo com o VAR.

Eu já tive experiência com o VAR em dois jogos e temos que apitar da mesma forma para tomar as decisões corretamente. O que muda é que hoje sabemos que um eventual erro vai ser falado no nosso ouvido e aí podemos corrigir”.

Abel Braga – Técnico do Flamengo

“Foi válido (uso nos Estaduais). Essa interferência externa é um pouco complicada no início, mas a gente tem que começar a se acostumar. Vai dar certo sim no Brasileirão, até porque vamos estar mais acostumados. O que precisa são alguns ajustes e isso ficou claro nesses primeiros três meses. Tem árbitro que toma decisão rapidamente, mas outros toda hora vão olhar no vídeo. Precisa ter um padrão. Tem que fluir mais rápido, porque cria uma expectativa, esfria o jogo e aí é complicado. Mas depois que se aperfeiçoar, vai colocar o jogo com mais lisura”.

Dorival Jr – Técnico

“Eu acho que foi muito positiva essa primeira experiência nos Estaduais. É natural haver pequenos problemas que devem ser corrigidos, mas na maioria das vezes foi uma ajuda valiosa para arbitragem. Não tenho dúvidas que dará certo no Brasileirão. Naturalmente teremos que buscar algumas adaptações e correções rápidas para que tenhamos um trabalho mais eficiente, mas vai auxiliar e muito o trio de arbitragem, minimizar os erros e diminuir a malandragem do atleta brasileiro. Veio pra ficar e nós temos que aceitar e ajudar para que as adaptações aconteçam rapidamente. O que deve melhorar é o tempo de definição de uma jogada pra outra. Quanto mais rápido, melhor. Porém temos que entender que carece de uma adaptação e um tempo maior para buscarmos o equilíbrio entre os árbitros do VAR e o árbitro de campo. Esse contato mais rápido seria fundamental para não perdemos a dinâmica de uma partida”.

Sálvio Spinola – Ex-técnico e atual comentarista de arbitragem da Globo

“Os árbitros não estavam preparados nos Estaduais. Faltou utilizar o VAR nos jogos iniciais. Os critérios nas federações foram até diferentes. Mas sim, vai dar certo no Brasileirão. O que falta é um critério bem definido para termos mais agilidade e clareza no protocolo. Acho que as dez primeiras rodadas serão tensas, como também foram no mundo todo”.

Fred – atacante do Cruzeiro em entrevista após o primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro

“O maior problema do VAR, hoje, é que tudo é analisado em câmera lenta. E não existe analisar nada em câmera lenta se o futebol é porrada o tempo inteiro, bola na área é contato, um empurrando o outro, movimento rápido… Pra analisar em câmera lenta tem que ser só impedimento, porque senão fica muito lance interpretativo e aí fica a sensação de injustiça”.

LEIA MAIS

Globo retira ‘redutores’ contratuais de equipes que fecharam com a Turner

Novas regras do futebol entram em vigor na estreia do Brasileirão 2019; veja quais são

Saiba quanto os clubes vão ganhar de cotas de TV aberta no Brasileirão 2019

Debate: VAR vai dar certo no Brasil? Especialistas opinam - Torcedores.com.

Vídeo: Rodrigo Caio rasga elogios à Abel Braga após título carioca (FOX Sports)

Repetir vídeo

Quer receber as principais notícias do MSN Brasil pelo Facebook Messenger?
Inscreva-se agora.

Mais de torcedores.com

image beaconimage beaconimage beacon