Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Fluminense tem retrospecto positivo no Raulino de Oliveira, mas acumula derrotas contra o Athletico-PR

Logotipo do(a) LANCE! LANCE! 14/05/2022 LANCE!
Fluminense tem desfalques para o jogo contra o Athletico-PR (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC) © Fluminense tem desfalques para o jogo contra o Athletico-PR (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC) Fluminense tem desfalques para o jogo contra o Athletico-PR (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Neste sábado, o Fluminense encara o Athletico-PR, às 21h, no Estádio Raulino de Oliveira, pela sexta rodada do Brasileirão. Apesar de não ter os números a seu favor no retrospecto contra o adversário, o Tricolor tem bom histórico em Volta Redonda. O clube não perde no Sul do estado desde o dia 30 de junho de 2021, quando o Furacão venceu a equipe por 4 a 1 em partida pelo Brasileirão. Desta forma, o confronto promete ser mais um desafio no calendário do Time de Guerreiros, que luta para sair do meio da tabela de classificação.

Em toda a história, o Flu disputou 112 jogos no Raulino de Oliveira, e acumulou 63 vitórias, 25 empates e 24 derrotas. No estádio, o time balançou a rede 207 vezes e sofreu 129 gols, tendo conseguido 124 pontos e 63.69% de aproveitamento. Neste ano, o local foi palco da conquista da Taça Guanabara, em goleada por 4 a 0 contra o Resende, e também da vitória sobre o Madureira no estadual.

+ Relembre 10 fatos da primeira passagem de Diniz pelo Fluminense

Há 318 dias sem perder em Volta Redonda, o Flu tem motivos para entrar em campo confiante. Contudo, a última derrota foi justamente para o Athletico-PR, pelo Brasileirão de 2021. Na ocasião, Fred abriu o placar logo aos 2 minutos, após jogada com Cazares e Yago Felipe. Na sequência, a equipe perdeu intensidade e deixou o Furacão avançar. Assim, os paranaenses golearam os Tricolor, com gols de Richard, Vitinho, Zé Ivaldo e Nikão.

Além de Fred, a maioria dos jogadores relacionados para aquele jogo permaneceu no elenco tricolor em 2022. Entre os titulares, Nino e Yago Felipe provavelmente entrarão em campo de novo. André, David Braz e Wellington, que na época eram reservas, conquistaram espaço no time principal de lá para cá. É o mesmo caso de PH Ganso, mas o jogador não viaja para Volta Redonda com a equipe por uma lesão. As maiores mudanças são o comando do time, que já mudou duas vezes desde então, e a presença de jovens recém-saídos de Xerém, hoje presentes em menor escala.

Veja a classificação da Série A do Brasileirão

O retrospecto contra o Athletico-PR, de modo geral, é negativo. O Fluminense disputou 59 partidas contra eles, tendo vencido 26 jogos, perdido 22 e empatado 11 vezes. Ainda assim, o último confronto terminou em vitória para o Flu. Na Arena da Baixada, o Tricolor venceu por 1 a 0, com gol contra de Zé Ivaldo. Nesta temporada, o Furacão vem para o duelo em crise interna devido à sequência ruim, mas se recuperou e venceu os últimos dois jogos.

Em boa fase, o Time de Guerreiros deve considerar mais os números no Raulino de Oliveira do que contra o Athletico-PR. Na última partida, Diniz disse que "mitos estão caindo" no Fluminense. Logo, mostrar-se superior ao adversário, que geralmente domina os duelos, pode ser um grande passo rumo à construção de outra mentalidade e forma de competir dentro do clube. Ao menos, renderá os três pontos que o Flu precisa para alcançar a primeira parte da tabela.

Mais de Lance!

image beaconimage beaconimage beacon