Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Fabrício Werdum é nocauteado em Londres e se afasta do cinturão do UFC

Logotipo do(a) Ag. Fight Ag. Fight 18/03/2018 Marjorie Niele, em Londres (Inglaterra)
Fabrício Werdum caiu de rendimento e perdeu para Alexander Volkov © Erica Dezonne/Ag Fight Fabrício Werdum caiu de rendimento e perdeu para Alexander Volkov

O card montado na cidade de Londres (Inglaterra) neste sábado (17) contou com o peso-pesado brasileiro Fabrício Werdum como estrela principal do show. E o veterano de 40 anos não teve vida fácil diante da jovem promessa russa Alexander Volkov, 11 anos mais novo e quase dez centímetros mais alto. Depois de começar melhor, o ex-campeão caiu de rendimento e foi nocauteado pelo adversário, que se animou e pediu pelo cinturão do evento.

Invicto no UFC com quatro triunfos seguidos, Volkov, com 29 anos, se credencia para o topo da divisão, principalmente pelo fato de, além de ter nocauteado o número três do ranking, ser um dos únicos possíveis desafiantes a não terem sido derrotados por Stipe Miocic, atual campeão.

"Olá, Londres! Obrigado pelo apoio! Ele é o maior oponente, o oponente mais difícil que já tive, ele é uma lenda no esporte. Mas estou muito feliz, espero ter uma chance de disputar o cinturão. Me intimidou um pouco ter treinado com ele, sei que o jiu-jitsu dele é muito bom e trabalhei isso. Defendi e ataquei, essa era a estratégia. Não importa quem será o meu próximo adversário, quero a chance do cinturão. Estou aqui para isso".

A luta

No primeiro assalto, o brasileiro deixou claro que não estava disposto a trocar golpes com o gigante russo e agarrou suas pernas na primeira tentativa que teve. Por cima no chão, o brasileiro atacou o oponente por mais de três minutos, garantindo tranquila vantagem nas papeletas dos jurados. No entanto, nos poucos momentos em que Volkov conseguiu ficar em pé, jabs e diretos furaram a defesa do gaúcho e abriram um corte abaixo de seu olho direito.

Na segunda etapa, a dinâmica se repetiu. Com duas quedas, Werdum dominou a etapa mas deu claros sinais de cansaço, enquanto o mais jovem oponente conectava golpes no rosto e minava ainda mais o olho do brasileiro, que no terceiro round caiu de produção.

Sem conseguir derrubar, o ex-campeão se jogava na meia guarda e tentava raspar. Em uma ocasião, Werdum foi para as costas do russo, mas perdeu a posição e se cansou ainda mais, o que ficou evidente no quarto assalto. Depois de defender as investidas do rival, Alexander liquidou a fatura com uma sequência de diretos e cruzados que derrubou Werdum pela terceira vez na carreira.

No co-main event da noite, Jimi Manuwa e Jan Błachowicz travaram a revanche do duelo realizado em 2015 na Polônia. E ao contrário do primeiro encontro, a monotonia foi deixada de lado e o estilo agressivo dos meio-pesados (93 kg) protagonizou um confronto que levantou a torcida presente no ginásio 'O2 Arena' do início ao fim.

Depois de começar melhor, o inglês vacilou e sofreu um chute alto que o balançou. A partir daí, Jan Błachowicz usou sua maior velocidade para impor volume de ataques e quase liquidar a fatura, diante de uma atônita torcida que parecia não acreditar que o quarto colocado do ranking oficial do UFC poderia cair a qualquer momento.

Mas após resistir à pressão, Manuwa se recuperou e dominou o segundo assalto graças aos potentes golpes, que fizeram o polonês andar para trás. Machucados e cansados, e com a disputa equilibrada, os guerreiros voltaram para o último round com a missão de carimbar a luta como a melhor da noite. E eles não decepcionaram.

Depois de mais cinco minutos de muita trocação, Błachowicz dominou as ações e controlou o centro do cage, sendo apontado vencedor por decisão unânime dos jurados e devolvendo ao rival a frustração de ser derrotado diante de sua torcida. Ao que tudo indica, parece que uma terceira luta entre eles será inevitável!

Acompanhe os resultados do UFC Londres:

Alexander Volkov nocauteou Fabrício Werdum no 4º round;
Jan Błachowicz venceu Jimi Manuwa por decisão unânime;
Tom Duquesnoy venceu Terrion Ware por decisão unânime;
Leon Edwards nocauteou Peter Sobotta no 3º round;
Charles Byrd finalizou John Phillips no 1º round;
Danny Roberts nocauteou Oliver Enkamp no 1º round;
Danny Henry finalizou Hakeem Dawodu no 1º round;
Paul Craig finaliza Magomed Ankalaev no 3 round;
Kajan Johnson venceu Stevie Ray por decisão dividida;
Dmitriy Sosnovskiy finalizou Mark Godbeer no 2º round.


Siga o MSN Esportes no Facebook

Mais de Ag. Fight

image beaconimage beaconimage beacon