Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

21 times mais valiosos de 2017

Logotipo do Forbes Brasil Por Kurt Badenhausen de Forbes Brasil | Slide 1 de 21: basquete<br> US$ 2,6 bilhões<br> 37%<br> US$ 74,2 milhões

Em 1989, antes de ser comprado por Jerry Jones, o time de futebol americano Dallas Cowboys perdia US$ 1 milhão por mês. Desde então, tornou-se a equipe mais valiosa do mundo pelo segundo ano seguido (US$ 4,2 bilhões), com receita de US$ 300 milhões nos últimos 12 meses. Na temporada de 2015, os Cowboys quebraram o recorde de receita da NFL, liga do esporte, com US$ 700 milhões - US$ 177 milhões a mais do que o segundo colocado. Do total de 50 times mais valiosos do ranking, a NFL detém 29 deles (contra 27 do ano passado).

VEJA TAMBÉM: As empresas por trás dos times de futebol mais valiosos do mundo

As finanças do New York Yankees lideram o beisebol e colocam o time na 2ª posição do ranking, avaliado em US$ 3,7 bilhões, 9% a mais do que em 2016. Os Yankees têm a maior receita de patrocínio (US$ 120 milhões). O Top 5 fica completo com um trio de clubes de futebol: Manchester United (avaliado em US$ 3,69 bilhões, 11% a mais do que no ano passado), Barcelona (US$ 3,64 bilhões) e Real Madrid (US$ 3,58 bilhões).

Os valores dos times são baseados na avaliação feita por FORBES ao longo do ano passado de equipes da NFL, NHL, NBA, MLB, F1, futebol e Nascar (ainda que nenhum representante da NHL, F1 ou Nascar tenha aparecido na lista).

Veja na galeria de fotos os 21 times mais valiosos do mundo em 2017:

20º) Golden State Warriors

basquete
US$ 2,6 bilhões
37%
US$ 74,2 milhões

© GettyImages

Mais de Forbes Brasil

image beaconimage beaconimage beacon