Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Ninho do Urubu: sobrevivente em estado mais grave acorda pela primeira vez

Logotipo do(a) VEJA.com VEJA.com 12/02/2019 Da redação
Jhonatan foi o terceiro a escapar das chamas pela janela © Facebook Jhonatan foi o terceiro a escapar das chamas pela janela

Jhonata Cruz Ventura, o jovem jogador doFlamengo que teve cerca de 30% do corpo queimado no incêndio do Ninho do Urubu, despertou na manhã desta terça-feira, 12, pela primeira vez desde o incidente no centro de treinamento do Flamengo, há quatro dias. O zagueiro de 15 anos tem a situação mais delicada entre os três sobreviventes e segue internado no Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Pedro II, na zona oeste do Rio.

CONFIRA A COBERTURA COMPLETA DA TRAGÉDIA NO FLAMENGO 

A Secretaria de Saúde do Rio informou que Jhonata está “sem sedação, acordado e atendendo a comandos simples ao exame clínico”.  O jovem apresentou “melhora evolutiva dos parâmetros ventilatórios e estabilidade hemodinâmica” e “foi submetido na manhã de hoje a mais um banho das queimaduras mais profundas e curativos, mostrando melhora de algumas lesões.”

Na segunda-feira, os médicos do centro especializado neste tipo de queimaduras retiraram a sedação que mantinha o jogador dormindo, pois Jhonata já não apresentava mais febre. Ele foi o último dos três sobreviventes a escapar das chamas pela janela do contêiner onde estavam alojados, e, por isso, foi quem mais se feriu.

Francisco Dyogo ainda sente dores para respirar e permanece internado no hospital Vitória, na Barra da Tijuca, enquanto Cauan Emanuel foi o primeiro a receber alta. Pouco antes de voltar para a casa, o jovem recebeu a visita de vários jogadores do elenco profissional, como o capitão Diego, Henrique Dourado, Vitinho e Diego Alves.

Nota da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro sobre Jhonata Ventura:

O paciente Jhonata Cruz Ventura encontra-se no momento sem sedação, acordado e atendendo a comandos simples ao exame clínico. Apresenta melhora evolutiva dos parâmetros ventilatórios e estabilidade hemodinâmica.

Foi submetido na manhã de hoje a mais um banho das queimaduras mais profundas e curativos, mostrando melhora de algumas lesões. Segue aos cuidados de terapia intensiva no CTQ.

Dr. Carlos Alberto Jr, diretor médico, CRM 52698792 Dra. Bianca Ohana, chefe do CTQ, CRM 52805220


Veja as notícias mais importantes do dia no seu celular com o app Microsoft Notícias. Disponível para iOS e Android. Baixe agora.

Mais de Veja.com

image beaconimage beaconimage beacon